Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2016

Amazon Go: sem filas, sem caixa..."SEM CAIXA"!!!

Deep Learning, computer vision, sensor fusion e mais um par de truques de última geração são as novas armas da Amazon para cumprir a promessa do fim das filas e de quebra um mecanismo de pagamento ainda mais simplificado.

As tecnologias anteriores não venceram as etapas do experimental ou da "fase beta" como preferirem. As grandes redes de supermercado bem que tentaram, mas nem de longe se equiparam às grandes empresas da economia digital, como são a própria Amazon, o Google, a Apple ou mesmo o Uber, [já correndo o risco de ter deixado outros grandes players de fora].

Se der certo, já sabe... são mais alguns milhares de empregos [só nos EUA] que vão estar na reta a partir de 2017. Essa eu quero conferir de perto!!!

Vídeo: Introducing Amazon Go and the world’s most advanced shopping technology

#Amazon

How to: Disco da Voyager... como ler?

Oficialmente a sonda Voyager1 se tornou o primeiro artefato terrestre a ultrapassar os limites do sistema solar, assim anunciou a NASA esses dias. Em seu interior viaja um disco de ouro, com imagens e sons compilados por Carl Sagan, selecionados de modo a mostrar a quem o encontrar, o nosso lugar no universo, quem somos, como evoluímos enquanto espécie e outras características de nossa cultura.

A imagem abaixo contém explicações [que eles chamaram de Quick Reference Card para leitura do disco] sobre o significado dos diagramas incrustados em sua superfície. O nível de aprofundamento dos conceitos envolvidos é impressionante!




Apple: futuro centrado em transportes não pode ser descartado

O anúncio foi feito nesta quinta-feira(12) pela própria Apple. Trata-se da Didi Chuxing, a empresa que detém 87% do mercado de car-hailing na China com 11 milhões de corridas/dia!
A Didi Chuxing é resultado da fusão da Didi Dache com a Kuaidi Dache, suportadas respectivamente pelas duas maiores empresas de Internet da China, a Tencent e a Alibaba.
"O investimento irá ajudar Apple a melhor entender o crítico mercado chinês", disse Tim Cook.
O envolvimento da Apple [até onde foi dado publicidade], começou em fevereiro de 2015 quando o Wall Street Journal (WSJ) divulgou informações obtidas por um repórter do Financial Times no perfil de um executivo executivo da Mercedes-Benz que havia sido contratado pela Apple. Centenas de outros funcionários da indústria automobilística também se transferiram para Cupertino naquela época.
O investimento na Didi Chuxing, que representa apenas 10% dos lucros obtidos no último trimestre, é mais uma peça do quebra-cabeças para quem tenta decifr…

Uber começa a operar 100 veículos autônomos em Pittsburgh

Numa entrevista à Bloomberg, Travis Kalanick, o CEO da Uber, anunciou a adição a partir deste mês de 100 veículos modelo Volvo XC90s modificados com componentes para direção autônoma. Inicialmente, e como determina a legislação americana, uma pessoa habilitada estará à frente do volante pronta para assumir o controle do veículo caso necessário. Uma segunda pessoa estará no banco ao lado, como uma espécie de co-piloto, para observar e tomar nota das ocorrências.

Não faz muito tempo, pouco mais de um ano para ser mais preciso, um veículo de testes foi flagrado circulando em Pittsburgh. "O veículo é parte dos nossos esforços iniciais de pesquisa com sistemas de mapeamento, segurança e autonomia", confirmou a porta-voz da empresa à época, ao Pittsburgh Business Times. A julgar pela expansão mundial meteórica ao longo dos pouco mais de 5 anos em que está no mercado utilizando veículos convencionais,  não será uma surpresa vê-los dominar também a oferta de serviços com os autônomo…

Alexa, a assistente da Amazon, agora em produtos de terceiros

Triby é um rádio com suporte ao sistema de inteligência artificial da Amazon, a nossa conhecida Alexa. O produto foi anunciado em abril/16, puxa a fila de um negócio que deve ganhar muitos adeptos daqui pra frente.

Foi também com essa ideia em mente que a Amazon lançou em maio/16 o serviço http://echosim.io - um simulador do mesmo sistema que vem embarcado no Echo e em outros produtos da empresa como o FireTV e o Tap.

O http://echosim.io é uma versão em software, portanto, para ser acessada via web. Quem  tem uma conta no ambiente de serviços da Amazon pode experimentar o recurso.

Com isso, a empresa de Jeff Bezos encoraja mais desenvolvedores a escreverem apps, digo "skills"  - como são chamados os recursos de assistência [já existem mais de 1000 skills] disponíveis no ecossistema da Amazon. O serviço da Uber, sobre o qual já conversamos algumas vezes aqui no blog, é um dos pioneiros.

Vejam o vídeo de anúncio do produto: Triby - Alexa-enabled Portable Speaker


Apple investe $1bi USD na Uber chinesa

O anúncio foi feito nesta quinta-feira(12) pela própria Apple. Trata-se da Didi Chuxing, a empresa que detém 87% do mercado de car-hailing na China com 11 milhões de corridas/dia!

A Didi Chuxing é resultado da fusão da Didi Dache com a Kuaidi Dache, suportadas respectivamente pelas duas maiores empresas de Internet da China, a Tencent e a Alibaba.

"O investimento irá ajudar Apple a melhor entender o crítico mercado chinês", disse Tim Cook.

O envolvimento da Apple [até onde foi dado publicidade], começou em fevereiro de 2015 quando o Wall Street Journal (WSJ) divulgou informações obtidas por um repórter do Financial Times no perfil de um executivo executivo da Mercedes-Benz que havia sido contratado pela Apple. Centenas de outros funcionários da indústria automobilística também se transferiram para Cupertino naquela época.

O investimento na Didi Chuxing, que representa apenas 10% dos lucros obtidos no último trimestre, é mais uma peça do quebra-cabeças para quem tenta decifra…

Vem aí uma nova geração de ônibus espaciais!

Desde 2011, o único modo de levar astronautas à Estação Espacial Internacional (ISS) é com a utilização de naves russas modelo Soyuz. Isso, no entanto, deve mudar a partir de 2017 com o desenvolvimento de um ônibus espacial de última geração.

A ideia começou em junho de 1982 quando um avião de patrulha australiano levou imagens de um navio russo no Oceano Indico, recuperando uma espaçonave até então desconhecida. O pessoal do centro de pesquisas americano em Langley partiu do modelo descoberto e iniciou a construção do seu próprio aparelho (batizado de HL-20) que poderia transportar pessoas e pequenas quantidades de carga. O projeto não vingou e foi cancelado.

O protótipo ficou então guardado por 20 anos em um hangar do referido centro de pesquisas. Anos mais tarde, com o renovado interesse no desenvolvimento de uma alternativa para o Space Shuttle, a Sierra Nevada Corporation (SNC) saiu em busca de uma ideia e encontrou no HL-20 uma resposta viável.

Em 2004, o Dream Chaser foi sendo …

NASA retoma estilo "ônibus espacial" em novos contratos para transporte de carga

$14 bi USD até 2024 é o tamanho do investimento previsto pela NASA para financiar contratos com empresas privadas visando transporte de equipamentos, suprimentos e pessoal entre a Terra e a Estação Espacial Internacional (ISS).

Boeing, SpaceX, Orbital ATK e Sierra Nevada* são as empresas já contratadas com a garantia de realizarem um mínimo de 6 missões de ressuprimento cada uma.

A NASA também quer reduzir a dependência em relação à agência espacial russa, responsável pelo transporte de astronautas desde o descomissionamento dos ônibus espaciais.

SpaceX e Boeing deverão estar preparadas para o início dos testes com humanos, muito provavelmente, a partir de 2018, segundo a NASA. A expectativa era começar em 2017 mas, aparentemente, a agência americana ainda não está confiante nos níveis de segurança alcançados pelas terceirizadas. Lembram da explosão de um Falcon 9 em meados do ano passado?

As empresas devem trabalhar com o índice de tolerância de perdas para tripulações humanas de não…

GM investe $500 MM USD em concorrente da Uber

"Nós acreditamos que haverá mais mudanças no mundo da mobilidade nos próximos 5 anos do que houve nos últimos 50", disse Daniel Ammann, presidente da General Motors (ladeado pelos dois principais executivos da Lyft na foto) que irá se juntar ao board da concorrente da Uber, sediada em São Francisco.

GM e Lyft irão trabalhar juntas no desenvolvimento de redes de veículos autônomos*, uma área de pesquisa onde enormes quantidade de recursos têm sido investidos nos últimos anos por empresas como Google, Tesla, Uber, Ford - parceira do Google - e a maioria das grandes montadoras europeias e asiáticas.

A Uber, já levantou $10 bi USD em recursos até hoje e está avaliada em $62.5 bi USD [14 x o atual valor da Lyft], segundo anúncio feito nesta segunda-feira pelo NY Times.

ps: a Ford anunciou hoje que planeja triplicar para 30 o tamanho de sua frota de carros autônomos de testes como parte do seu esforço para acelerar o desenvolvimento de carros autônomos. 20 Ford Fusion híbridos irã…

Armas autônomas: é aí que mora o perigo!

A comunidade científica tem alertado a sociedade para os riscos acerca da utilização da inteligência artificial há anos. Em janeiro de 2015 um grupo deles subscreveu uma carta contendo uma lista de recomendações do que vale a pena pesquisar, objetivando assegurar que a IA permaneça robusta e benéfica para a humanidade.

Dentre as prioridades de pesquisa de curto prazo ligadas à questões legais e éticas, aquelas que se referem às armas autônomas me chamaram, especialmente, a atenção.

Questionam assim, cientistas e pesquisadores:

- Podem as armas autônomas letais serem feitas de tal modo a estarem sujeitas às leis humanitárias?

- Se assim que alguma organização vier a sugerir que as armas autônomas sejam banidas, é possível desenvolver uma definição precisa de autonomia para esse propósito e pode tal banimento ser implementado na prática?

- Se for permissível ou legal o uso de armas letais autônomas, como tais armas deveriam ser integradas na estrutura de comandos e controles, de tal mod…