Pular para o conteúdo principal

#028 - Novo transporte orbital, a queda do Falcon Heavy e mais planos de combate às fake news

Boa sexta-feira amigos. Após anos de testes a nave Dream Chaser, uma espécie de sucessor dos ônibus espaciais, recebeu o go-ahead da NASA para realizar a sua primeira missão, programada para o final de 2020. Ao contrário da solução das concorrentes SpaceX e Orbital ATK, o Dream Chaser desce em aeroportos convencionais o que lhe dá a agilidade necessária para realização de missões com experimentos sensíveis ao tempo, a partir da ISS. Veja o que já publicamos acerca desse projeto aqui e aqui.

Nem tudo terminou como esperado no histórico lançamento do Falcon Heavy. A SpaceX confirmou, sem muito alarde, a perda do módulo central do foguete que era esperado ter descido em uma balsa no Oceano Atlântico. Sem combustível, ele teria errado o alvo por 100 metros e atingido a água numa velocidade próxima a 450 Km/hora. A falha, no entanto, não tira o brilhantismo do feito. No próximo, daqui a 3-4 meses, a SpaceX já terá corrigido o problema.

O combate às fake news continua nas pautas da mídia após intensas discussões no Forum Econômico de Davos em janeiro último. A mais recente sugere que executivos do Google estão considerando o criação de uma extensão para o Chrome que alertaria os usuários de mídias sociais como Facebook e Twitter quando eles estivessem vendo ou compartilhando um link com notícias falsas ou pouco confiáveis. Algo assim já foi testado e abandonado no passado pelo Facebook com a alegação de que muitas vezes tais alertas causam um efeito exatamente contrário ao esperado (sic). Não espero ver tudo isso se resolvendo em curto espaço de tempo, já que o próprio papel dessas grandes empresas como "guardiões da verdade" é no mínimo questionável. 


São Paulo, 9 de fevereiro de 2018