Skip to main content

Posts

#265 - FAB: setor aeroespacial brasileiro em busca de recursos no Congresso

Representantes da Força Aérea se reuniram nesta terça-feira (20/11) com deputados e senadores da Frente Parlamentar da Agropecuária para tratar de projetos aeroespaciais de interesse do setor. Um dos projetos inclui o desenvolvimento do primeiro satélite de sensoriamento remoto de alta resolução desenvolvido no Brasil.

Para o Major-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar, presidente da Comissão de Coordenação e Implantação de Sistemas Espaciais (CCISE) ao comparar a situação do Brasil em relação a outros países que se beneficiam da mesma tecnologia:

FAB (fab.mil):
Todos têm população, espaço territorial e Produto Interno Bruto inferiores aos do Brasil e, mesmo assim, possuem satélites próprios, controlados por eles. Enquanto nós ainda estamos tentando alavancar o uso do Centro de Lançamento de Alcântara. O país é muito grande para a gente pensar pequeno. Temos que pensar grande.


São Paulo, 20 de novembro de 2018

#264 - Super Heavy e Starship: Elon Musk rebatiza veículos espaciais

O anúncio foi feito pelo Twitter na madrugada desta terça-feira (20/11). Starship é a nave espacial, até então BFS (imagem), e Super Heavy, o booster - originalmente chamado de Big Falcon Rocket (BFR).
Renaming BFR to Starship — Elon Musk (@elonmusk) 20 de novembro de 2018
Fãs do empreendedor amaram as mudanças numa base de 3 mil curtidas / hora. Nem poderia ser diferente. 🚀




São Paulo, 20 de novembro de 2018

#263 - SLS/Orion: NASA pode aposentar seu mega-foguete ante o sucesso da SpaceX ou da Blue Origin

A previsão foi feita por Stephen Jurczyk, administrador associado da NASA, durante a conferência Space Summit patrocinada pelo The Economist no início de novembro.
Dave Mosher (BI):
I think our view is that if those commercial capabilities come online, we will eventually retire the government system, and just move to a buying launch capacity on those rockets.

Jurczyk já estaria antevendo as dificuldades da NASA para financiar o projeto, considerando a saída de John Culberson - um dos principais apoiadores da NASA na House of Representatives, no ano que vem.

EP #252 (9/11):
Culberson, um republicano do Texas, perdeu a cadeira para a democrata Lizzie Fletcher nas eleições de midterm realizadas essa semana nos EUA. O deputado tem sido defensor da ciência e dos voos espaciais tripulados nas últimas duas décadas. Marina Koren (The Atlantic): The outcome of Tuesday’s elections will sweep several longtime champions of NASA out of the House. Some have held office for many years, and their inte…

#262 - SpaceX: governo americano aprova lançamento de 7.518 satélites

A Federal Communications Commissions (FCC) aprovou nesta quinta-feira (15/11) mais uma parte do projeto Starlink patrocinado por Elon Musk, que irá prover serviços de Internet utilizando uma rede de 12 mil micro-satélites.

Um terço deles ficará estacionado na órbita baixa (680 milhas) e os demais na órbita muito baixa a 210 milhas de altitude.

A ativação de 4.400 micro-satélites já havia sido aprovada no início do ano. Os testes no espaço começaram em fevereiro último.


EP #000 (14/2):
Três anos após anunciar a sua intenção de criar uma "constelação de micro-satélites" na órbita baixa da Terra, Elon Musk irá finalmente despachar no próximo sábado (17/2) os dois primeiros aparelhos denominados Microsat-2A e Microsat-2B. Por se tratarem de equipamentos experimentais, eles foram setados para uma vida útil de apenas 20 meses. A ideia dos testes é estabelecer uma comunicação em bandas de alta frequência (acima de 24 GHz) entre estações terrestres na Califórnia, no Texas e em Washi…

#261 - Astrofísicos brasileiros especulam a idade do Oumuamua

Dois cientistas da UFRJ estimaram entre 200 MM e 450 MM de anos a idade do curioso objeto interestelar que cruzou recentemente o Sistema Solar. Segundo Felipe Almeida Fernandes (doutorando) e Hélio Rocha Pinto (diretor do Observatório do Valongo, da UFRJ), a idade do objeto, que pode chegar até 1 bilhão de anos, depõe contra a sugestão de astrônomos que ele poderia ser uma espaçonave de origem alienígena.


Felipe Fernandes (G1):
É muito pouco tempo para a vida surgir, evoluir, e chegar a seres vivos com capacidade para explorar o espaço. Na Terra, foram 4,5 bilhões de anos para isso. Essa idade significa que ele veio de um sistema planetário que orbita ao redor de uma estrela jovem — que não é o Sol. Todos os asteroides que a gente observa no Sistema Solar foram formados da mesma nuvem que deu origem ao Sol. Esse, não. Foi formado junto com uma nuvem que deu origem a uma outra estrela, a outro sistema planetário. O Oumuamua ficou orbitando ali até ser expulso.
EP #239 (31/10):
As primei…

#260 - Gateway é uma arquitetura estúpida diz o ex-administrador da NASA

Para Michael Griffin, a estação espacial Gateway que será montada em órbita da Lua deveria ser precedida do retorno de humanos à superfície lunar. Griffin entende que não há necessidade de engenharia para a estação e alerta que a  China e Rússia estariam desferindo um golpe geopolítico ao levar seus astronautas à Lua antes do retorno dos EUA.


Eric Berger (Arstechnica):
"The architecture that has been put in play, putting a Gateway before boots on the Moon is, from a space-systems engineer's standpoint, a stupid architecture," he said. "Gateway is useful when, but not before, we are manufacturing propellant on the Moon and shipping it up to a depot in lunar orbit. We should be, with all deliberate speed, returning to the Moon and learning how to utilize the resources of our nearest Earth-orbit object."
EP #079 (23/4):
O Congresso dos EUA aprovou os recursos de 2018 e 2019 para a NASA realizar a visão do Presidente Trump de manter a liderança do país na área espaci…

#259 - Exoplaneta na constelação de Pictor é captado por observação direta

Milhares de exoplanetas têm sido identificados nas últimas décadas, a maioria deles pelo trânsito em frente às estrelas nas quais orbitam ou pela influência gravitacional que exercem sobre elas.

Mais recentemente, os astrônomos, utilizando instrumentos mais sensíveis, começaram a obter imagens por observação direta de exoplanetas com certas características e em circunstâncias especiais.

O Beta Pictoris b, descoberto em 2008, é um deles. A equipe de astrônomos do ESO observou que o exoplaneta situado a 63 anos-luz da Terra, na constelação de Pictor, se tratava de um super-Júpiter, com cerca 1,5 x o seu raio e massa 13 x maior.

A seguinte foto mostra a constelação de Pictor como pode ser vista a olho nu (foram adicionadas linhas que unem suas três estrelas principais). A estrela brilhante vista à esquerda de Pictor é Canopus - também designada como Alpha Carinae, a estrela mais brilhante no sul da constelação de Carina.


Matt Williams (Universe Today):
Since that time, the same team used …

#258 - Humanos a beira de se tornar uma espécie interplanetária

Na ausência, ao que tudo indica, de raças superiores habitando o planeta vermelho, os marcianos seremos nós mesmos. O National Press Club sediou nesta terça-feira (13/11) em Washington uma conferência de impressa com quatro apresentadores diretamente envolvidos em uma missão para Marte, a partir de uma nova visão da humanidade como visitante e então residente do planeta vermelho.


Doug Messier (Parabolicarc):
Presenters will include: Astronaut Tom Jones, a former B-52 U.S. Air Force, space resource researcher, NASA space shuttle mission specialist and payload commander for four space shuttle flights, who has logged over 52 days (1,272 hours) in space, including 3 space walks totaling over 19 hours. James Garvin, chief scientist of NASA’s Goddard Space Flight Center, who also served as chief scientist for Mars exploration from 2000 until 2004 and spearheaded the development of the scientific strategy that led NASA to select such missions as the Mars Exploration Rovers, the Mars Reconnais…

#257 - Insight próxima de Marte: eis como será o pouso no Planeta Vermelho

A poucos dias da chegada ao Planeta Vermelho, cresce a expectativa para a difícil sequência de ações que colocarão a sonda Insight a salvo na superfície do planeta. A preparação é iniciada em T-3 horas, quando o controle da missão irá avaliar as condições para realização do pouso. 

Com dados obtidos da Mars Reconnaissance Orbiter, da Maven e do rover Curiosity, os navegadores atualizam os parâmetros de EDL (entrada, decida e pouso) e comandam o início do processo de descida, batizado na época do pouso da Curiosity em 2012 de "os 7 minutos de terror".

EP #089 (7/5):
O sequência de pouso do InSight no dia 26/11 próximo, após uma viagem de 485 milhões de quilômetros, será um episódio a parte. Quem viu a descida do rover Curiosity em agosto de 2012 lembra do chamado "7 minutos de terror" (vejam o vídeo) que representa o período crítico em que uma série de mecanismos de frenagem precisam funcionar perfeitamente para que a nave pouse com segurança em seu destino final.

Em…

#256 - Nat Geo: administrador da NASA promove nova temporada de "Mars"

Em um evento da National Geographic, Jim Bridenstine, administrador da NASA, se diz empolgado com os passos que os EUA estão dando para voltar à Lua e depois em direção ao Planeta Vermelho.

"Estamos voltando à Lua porque há ciência para ser descoberta lá, há riscos a serem mitigados, tecnologias a serem desenvolvidas e fisiologia humana que precisa ser entendida", disse Bridenstine.

Para o executivo, essa etapa será como um campo de provas e de preparação para que possamos, em seguida, ir à Marte.


Chelsea Gohd (Space):
In the short time since Bridenstine became administrator, researchers have already made critical discoveries about Mars that make our efforts to get to the planet that much more exciting.  First, Bridenstine said, scientists found complex organic compounds on the surface of Mars. Second, they discovered that the planet has methane cycles that happen to match seasons on Mars. Third, scientists found that liquid water resides less than a mile (1.5 kilometers) b…