Skip to main content

Posts

#347 - Rumo à Lua: Blue Origin mostra novo design do poderoso New Glenn de Jeff Bezos

A nova animação divulgada pela Blue Origin mostra o lançamento de uma versão modificada de seu poderoso foguete New Glenn, próprio para levar cargas à órbita da Terra e até missões à Lua.

As alterações visíveis se restringem à carenagem no topo do foguete que envolve a carga sendo transportada. Na nova versão, ela mede 7 metros de largura vs 5,4 metros do modelo anterior.


As seis patas do primeiro estágio utilizadas para pouso vão se desdobrar para fora [semelhante ao sistema utilizado pela SpaceX nos Falcon 9].


O New Glenn terá 95 metros de altura com capacidade de levar 50 toneladas até a órbita baixa da Terra (LEO).  Para efeito de comparação o Falcon Heavy da SpaceX mede 70 metros e leva 70 toneladas até a LEO.


O primeiro voo do New Glenn está previsto para 2021 e será usado na Moon Race patrocinada pela Blue Origin.

EP #195 (4/10):
The Moon Race é uma nova organização sem fins lucrativos apoiada pela Blue Origin, Airbus e outras mega empresas, visando criar uma competição cujo obj…

#346 - Nano-drones: FFAA da França escolhem FLIR Black Hornet para área de Defesa

A French Defense Procurement Agency (DGA) escolheu a FLIR Systems para apoiar o programa francês de Pocket Drones (DrOP). O contrato com valor de $89 mi USD requer o provimento de nano-UAVs modelo FLIR Black Hornet 3 para as forças armadas da França.


O Black Hornet 3 é o menor nano-Unmannned Aerial System (UAS) aprovado em combate e utilizado por mais de 30 países. O veículo mede 168 mm e pesa 33 gramas. Tem autonomia de 25 minutos, alcance de 2 quilômetros, velocidade de 21,49 km/h e suporta ventos de até 15 nós.

O produto foi desenvolvido para ser usado por militares, agências governamentais e socorristas. O Black Hornet 3 oferece vigilância de curto alcance, dia e noite, permitindo que o pessoal mantenha a consciência situacional, a detecção de ameaças e a vigilância.

FLIR:
The Black Hornet 3 transmits live video and still images back to their operators, allowing ground units to expand their visual range, especially in complex and urban environments. The Black Hornet 3 is nearly ina…

#345 - Austrália inicia operações com os primeiros F-35A

A Real Força Aérea Australiana anunciou que as duas primeiras aeronaves que chegaram ao país em dez/18 entram em operação essa semana (21-25/1).

No total, o governo da Austrália aprovou a aquisição de 72 F-35s, visando a formação de 3 esquadrões operacionais.


Nessa fase, serão feitas as verificações e validações necessárias para a declaração de Initial Operational Capability (IOC) no final de 2020. Até o final de 2019, a expectativa é ter recebido até 8 aeronaves F-35 e 33 até dezembro de 2020.

The Aviationist:
According to Lockheed Martin, Australian suppliers play a significant role in the F-35 program with more than 50 Australian companies contributing to the global program of record of more than 3,000 aircraft. To date, the F-35 program has secured more than 2,400 highly skilled jobs created and generated more than $1.3 billion AUD in contracts for Australian industry.
Air Force (gov.au):
The majority of the $1.5B invested to house and support the F-35A have been constructed at RAA…

#344 - Espionagem compromete venda de F-35 para Taiwan

A força aérea de Taiwan irá abandonar sua campanha de aquisição de caças F-35 Lightning e, em vez disso, retomará um pedido original para fornecimento de caças F-16 dos EUA. Washington teme os níveis crescentes de espionagem que campeiam pela ilha.


A encomenda envolve 66 caças F-16V Block 70 com 6 adicionais para substituir os F16A/B Block 20 (adquiridos na década de 1990), totalizando 72 aeronaves. Trata-se da renovação de um esforço iniciado durante o governo Obama, abandonado por pressão chinesa à época, pressão essa que envolvia até ameaças de invasão da ilha por parte de Pequim.


Wendell Minnick (National Interest):
The new campaign will also request co-production and performance-based logistics (PBL) as part of the overall package. PBL would improve combat effectiveness by 80 percent, say Taiwan defense industry sources. One source said PBL was a “critical part of the package…we must have it.”
EP #334 (16/1):
Em meio a crescentes tensões com Beijing, Washington ressalta preocupaçõ…

#343 - Armas hipersônicas: a corrida já começou

Estudo recente do governo dos EUA revela os crescente esforços por parte da Rússia e da China no sentido de produzir armas hipersônicas com capacidade de derrotar os sistemas antimísseis americanos e de seus aliados.


Tais armas não são apenas hiper-rápidas (Mach 5 e além), mas também são capazes de viajar a grande altitude e serem manobráveis. A expectativa é que elas se tornem operacionais nos próximos 10 anos.

Anúncios feitos pelo presidente Vladimir Putin em 2018, demonstram o progresso alcançado pela Rússia com o seu míssil Avangard.

O Avangard é lançado por um RS-28 Sarmat (ICBM) [aka Satã 2] de combustível líquido capaz de transportar de 10 a 15 ogivas termonucleares com poder de destruição estimado em 3 megatons cada. Possui peso total de 100 ton. com capacidade de carga entre 4-10 ton. e velocidade de voo de 25.200 km/h (Wikipedia).

EP #311 (27/12):
Testes recentes do míssil estratégico Avangard (a.k.a Objekt 4202) comprovam o progresso das armas hipersônicas desenvolvidas pela…

#342 - Blue Origin: veículo suborbital pronto para lançamento após problemas

A nova previsão de lançamento aponta para 9:00 hs (CT) de segunda-feira (21/1) no espaçoporto da Blue Origin em West Texas. O adiamento do teste #10 da New Shepard deveu-se a problemas na infraestrutura não especificados pela empresa.


Especulações, no entanto, dão conta de problemas com o sistema de alimentação de oxigênio e hidrogênio líquido do booster, ou com o sistema de rastreamento do voo.

The next launch attempt for #NewShepard#NS10 mission will be Jan 21. We’ve fixed our ground infrastructure issue and both the vehicle and weather look good. Stay tuned for launch timing. Live webcast will be on https://t.co/WAB1Oy2KuL#GradatimFerociterhttps://t.co/6pusPUJd8vpic.twitter.com/dSTGebImjr — Blue Origin (@blueorigin) 18 de janeiro de 2019

EP#084 (30/4):
A Blue Origin realizou nestes domingo (29/4) o 8º voo de testes da sua cápsula espacial New Shepard, levando a bordo um boneco carinhosamente apelidado pelo pessoal da missão de "Mannequin Skywalker". "Outra missão de …

#341 - Governo de Singapura quer substituir sua frota de F-16 com novos F-35 Lightining

O ministro da Defesa de Singapura, Ng Eng Hen, anunciou nesta sexta-feira (18/1) ter identificado os F-35 Lightining II da Lockheed Martin como os caças mais adequados para substituir a frota de F-16s do país.

O escolha vem na sequência de uma avaliação técnica conduzida em conjunto com a Defence Science and Technology Agency. O estudo concluiu que a Royal Singapore Air Force (RSAF) deve adquirir um pequeno lote [numa quantidade ainda não determinada] de F-35 JSFs, visando uma avaliação mais completa de suas capacidades e adequação, antes de decidir pela substituição completa da frota.


Singapura tem sido um parceiro cooperativo de segurança no programa dos F-35 desde 2003, tendo declarado interesse naqueles caças em 2013. Acredita-se que o país tem um requisito de 40-60 aeronaves ou o suficiente para montar dois ou três esquadrões.

Os próximos passos incluem discutir com as partes envolvidas nos EUA antes de confirmar a decisão de aquisição, disse o ministro, com a expectativa de fina…

#340 - Japão terá embarcação para operar seus novos F-35B. Governo aprova reforma de porta-helicópteros

O governo do primeiro-ministro Shinzo Abe aprovou nesta sexta-feira (18/1) o plano de conversão de dois porta-helicópteros da classe Izumo para torna-los capazes de abrigar aeronaves tipo F-35B. As primeiras 18 unidades que realizam operações VTOL (Vertical Takeoff and Landing), têm previsão de entrega para 2023.

Nesse meio tempo, as duas embarcações serão recondicionadas para acomodar os novos caças. No mínimo, os conveses de voo precisarão de um revestimento resistente ao calor para protegê-los dos gases de escape durante os pousos e as decolagens verticais daqueles caças.

Considerando as experiências de outros países, os dois Izumos modificados poderão embarcar uma dúzia ou mais de F35Bs além de helicópteros de apoio.


David Axe (National Interest):
At present, Izumo and her sister ship Kaga normally embark just nine aircraft -- a mix of H-60 anti-submarine and rescue helicopters and MCH-101 minesweeping helicopters. But the 814-feet-long ships, each displacing around 27,000 tons of…

#339 - Caças russos Su-34 colidem em voo. Pilotos foram resgatados no Mar do Japão (update: 20/1)

Dois caças-bombardeiros Su-34 colidiram durante o voo na região leste da Rússia às 3:07 hs de hoje (horário de Brasilia), segundo fontes oficiais do país. A tripulação das aeronaves ejetou sobre o Mar do Japão a 35 quilômetros da costa.

As duas aeronaves faziam manobras durante um treinamento quanto o contato entre os dois Su-34 ocorreu. Ambas realizavam voos sem munição, segundo declaração do ministro da Defesa russo. Outros vôos com Sukhoi Su-34 foram suspensos na Rússia.


Um An-12 e dois helicópteros Mi-8 das forças russas foram destacados para a missão. Navios da Frota do Pacífico da Marinha e duas embarcações civis se dirigiram para o local do acidente.

A vestimenta especial utilizada pelos pilotos lhes permite ficar sobre o bote por até 12 horas sob condições de baixa temperatura.


* alterado com nova informação da força Aeroespacial da Rússia (VKS), dando conta de que as duas tripulações (4 pilotos) ejetaram após o acidente. Três pilotos foram encontrados mas apenas um deles com …

#338 - Bulgária negocia F-16 com USA. Suécia, em standby, ainda confia ter a melhor opção

Suecos da SAAB, fabricante dos caças Gripen, acreditam ter a melhor opção para a Bulgária e para a força aérea de seu país, dizendo que os seus caças são as mais avançadas aeronaves de combate, já tendo provado suas capacidades por diversas vezes durante as missões conjuntas da OTAN.

EP #326 (10/1):
O governo da Bulgária iniciou conversações com os EUA acerca da compra de 8 caças F-16 Block 70 da Lockheed Martin, com vistas a substituir os antigos MIG-29 adquiridos da antiga União Soviética. A aquisição dos novos caças, estimada em $1 bi USD, seria a maior compra militar da Bulgária desde a queda do regime comunista em 1989.
Joakim Vallin:* (Bulgarian Military):
We respect the decision of the Bulgarian Parliament on the process of acquiring a new type of combat aircraft, but we are convinced that the Swedish offer brings more advantages to Bulgaria. Gripen is manufactured in Europe, fully compatible with NATO standards and it has low costs throughout its lifespan. Moreover, Sweden off…