Skip to main content

Posts

#217 - Horizonte de eventos em buracos negros: eis como as primeiras imagens irão se parecer

O maior objeto em nosso céu noturno é invisível para nós. Trata-se de um "buraco negro super-massivo" (SMBH) posicionado no centro da Via Láctea, chamado Sagitário A*.

Há décadas os astrônomos são capazes de inferir a existência dos buracos negros por conta do efeito que causam na matéria que ousa deles se aproximar. Agora, a imagem que os cientistas estão empenhados em criar é da matéria superaquecida caindo em direção ao buraco negro [Sagitário A*] e emitindo luz.

Quando essa luz passa pelo horizonte de eventos (Event Horizon) - que funciona como uma enorme lente por conta da força gravitacional do buraco negro - essa luz é desviada.

Assim, ela acaba delimitando uma região escura que os astrônomos chamam de "sombra do horizonte de eventos do buraco negro" - que mede cerca de 2 x o tamanho do horizonte de eventos, algo como 30 milhões de quilômetros.


Em 2006, um ambicioso projeto criou o maior telescópio do mundo com o objetivo de criar a tal imagem.

O Event Horiz…

#216 - Transporte de carga para Lua: começa a competição entre empresas

A Draper, uma empresa com participação na industria espacial dos EUA desde os idos do programa Apollo, anunciou no último dia 9/10 ter submetido uma proposta para participar do Commercial Lunar Payload Services (CLPS) da NASA. A ideia é desenvolver um pequeno pousador capaz de transportar cargas científicas para a superfície da Lua.

Charyl Warner (NASA):
NASA is returning to the Moon with commercial and international partners as part of an overall agency Exploration Campaign in support of Space Policy Directive 1. It all starts with robotic missions on the lunar surface, as well as a Gateway for astronauts in space beyond the Moon followed by human missions to the surface. Right now, NASA is preparing to purchase small lunar payload delivery services, advance development of lunar landers for human missions, and conduct more research on the Moon’s surface ahead of a human return. 
Draper:
NASA announced its CLPS program in December 2017 and invited commercial partners to form teams to …

#215 - ISS pode ficar sem ocupantes. Entenda os riscos

Desde a falha com o sistema de boosters da nave Soyuz ocorrida minutos após o lançamento em 11/10 último, a comunidade científica, engenheiros espaciais, ex-astronautas e outros envolvidos com as atividades da ISS, ligaram o sinal de alerta para a possibilidade dos 3 astronautas atualmente em órbita, terem que retornar à Terra prematuramente.

EP #204 (11/10):
Se as investigações não conduzirem a uma solução que garanta a segurança do lançamento até dezembro próximo, a ISS poderá ficar sem ocupantes pela primeira vez desde a sua entrada em operação no ano 2000. De acordo com o protocolo, a nave Soyuz só pode permanecer atracada à ISS por cerca de 200 dias, significando que os 3 astronautas atualmente no espaço terão que retornar com ela.

Para Leroy Chiao, CEO da OneOrbit LLC e ex-astronauta da NASA entre 1990 e 2005, é incerto quanto tempo a Roscosmos levará para determinar a causa da falha e realizar os reparos necessários na Soyuz.

Chiao descreve a seguir uma sequência de possíveis ev…

#214 - Kepler: NASA traz telescópio espacial de volta à operação

Após algumas semanas fora de operação, o Kepler volta a ser ativado pela equipe da missão. Essa passou a ser a rotina do famoso telescópio da NASA que pode completar 10 anos de serviço em maio de 2019. Nesse período, o Kepler superou um grave problema em seu sistema de orientação e por pouco não foi aposentado prematuramente. Agora, com seus estoque de combustível no final, a NASA faz manobras operacionais visando estender a vida útil do telescópio o quanto possível. Reabastecer não é uma opção.

Mike Wall (Space):
In May 2013, the second of Kepler's four orientation-maintaining reaction wheels failed, bringing an end to the observatory's original mission. But Kepler's handlers figured out a way to stabilize the spacecraft using the remaining wheels and sunlight pressure, and Kepler soon embarked on an extended mission called K2. During K2, Kepler has been hunting for exoplanets and observing a variety of other objects and phenomena, over the course of shifting 80-day campa…

#213 - Marte: procurando um lugar para pousar? Fale com um especialista

Já faz tempo que o mundo está pra lá de especializado. Quando se trata de ciência e tecnologia então nem se fala. Descobri esses dias um pesquisador que se auto intitula "o cara dos locais de pouso". É isso, o sujeito (um cientista, é claro) trabalha na NASA com a exclusiva tarefa de descobrir possíveis locais de pouso na superfície de Marte.

Matt Golombek passou os últimos 20 anos identificando, avaliando e ajudando a selecionar os lugares mais adequados para envio de missões como o Pathfinder - que levou o pequeno Soujourner (foto) a Marte em 1997.


Golombek elabora mapas identificando acidentes geográficos, composições minerais e outros itens que os engenheiros utilizam em suas simulações.

Marina Koren (The Atlantic):
Golombek is currently leading the effort to pick a landing site for the Mars 2020, an unnamed NASA rover set for launch in 2020. The rover will be equipped with tools designed to drill and collect samples of rock and soil on the surface, where they'll wai…

#212 - Ação rápida da USAF recoloca 80% dos F-35 em operação

Mais de 80% dos F-35 Lightining II (a.k.a Panther) dos EUA e de parceiros internacionais já foram postos a disposição para operar, após revisão e eventual substituição dos tubos de combustível que alimentam os motores daqueles caças.

Valerie Insinna (Defense News):
“The F-35 Joint Program Office continues to work closely with the military services to prioritize fuel tube replacements using the current spares inventory,” the JPO said. “Pratt & Whitney is rapidly procuring more parts to minimize the overall repair timeline for the remaining jets. Current inventory will restore about half of the impacted jets to flight operations, and the remaining aircraft are expected to be cleared for flight over the coming weeks.” The JPO called the fuel tube problem an “isolated incident” that would not impact F-35 deliveries. A total of 91 F-35s are planned to be delivered to the U.S. military and foreign customers this year. 

EP #207 (12/10):
Por ordem do Pentágono todos os caças F-35 Lightnin…

#211 - Mudanças climáticas: ainda há esperança?

A cada novo relatório divulgado pelo IPCC* se renovam as expectativas de que a humanidade está no caminho certo para reduzir e, quem sabe, até reverter os efeitos das mudanças climáticas sobre a nossa vida na Terra. A meta é conter o aumento da temperatura média global do planeta em até 1,5 grau Celcius acima dos níveis pré-industriais.

Andrew Freedman (Axios):
"What the 1.5°C report brings home is that the future is now. The choice is upon us," ~ Katharine Hayhoe, Texas Tech University. "We don’t have all the Jetson-era technology we imagined we’d have when the chickens came home to roost. But the world is already changing. And yes, it is an opportunity — an opportunity to transform the very fabric of our society, from its current patterns of consumption that will soon exceed our planetary boundaries to one that is able to sustain our human civilization for millennia to come", Hayhoe told me.
O relatório divulgado na Coréia do Sul dia 8/10 último será usado como r…

#210 - Realidade Mista: software ganha prêmio da NASA

O software Onsight usa imagens obtidas pelo Curiosity para criar um modelo imersivo do terreno permitindo que os usuários percorram os mesmos locais explorados pelo rover na superfície de Marte. O objetivo do software - uma parceria entre a Microsoft e o Jet Propulsion Laboratory (JPL) - é aproximar os cientistas da experiência de estar no campo.


Com o prêmio Software of the Year, a agência espacial americana homenageia o melhor software desenvolvido na NASA. A equipe do projeto está trabalhando para criar uma versão do software que possa ser utilizada pelo público.

Astrobiology Magazine:
Apollo 11 astronaut Buzz Aldrin, right, and Erisa Hines of NASA’s Jet Propulsion Laboratory in Pasadena, California, try out the Microsoft HoloLens mixed reality headset during a preview of “Destination: Mars” at Kennedy Space Center visitor complex in Florida. Based on OnSight, a tool created by JPL, “Destination: Mars” lets guests experience Mars with holographic versions of Aldrin and Hines as guid…

#209 - Fogo amigo: F-16 é abatido no solo por outro F-16

O caso pra lá de bizarro aconteceu numa base militar da Bélgica na última sexta-feira (12/10). O mecânico que trabalhava em um outro F-16 sem querer ativou os canhões do caça e disparou. O jato da foto estava reabastecido e pronto para decolar. Os tiros foram dados a curta distância por um canhão Vulcan de 20mm de seis canos. Com a explosão, dois outros F-16 que estavam próximos também ficaram avariados.

Tom Demerly (The Avionist):
The accident is quite weird: it’s not clear why the technician was working on an armed aircraft that close to the flight line. Not even the type of inspection or work has been unveiled. For sure it must have been a check that activated the gun even though the aircraft was on the ground: the use of the onboard weapons (including the gun) is usually blocked by a fail-safe switch when the aircraft has the gear down with the purpose of preventing similar accidents.

ps: não há relatos sobre o valor dos prejuízos nem se esses jatos têm cobertura de seguro contra …

#208 - Asteroide Ryugu: coleta de amostras adiada até 2019

Após o bem sucedido envio de dois rovers [Minerva-II-1] e de um pousador [MASCOT] para a superfície do asteroide Ryugu, a sonda japonesa Hayabusa-2 pode não executar a terceira e mais importante etapa de sua missão. Pelo menos por enquanto.

Até o final de outubro a sonda deveria realizar um rápido pouso no asteroide e coletar material para ser trazido na viagem de volta à Terra. No entanto, o pessoal do programa espacial japonês (JAXA) não está encontrando um local adequado para descer.

"Esperávamos que a superfície fosse lisa, mas parece que não há uma área plana para o pouso", disse o gerente do projeto Hayabusa2, Yuchi Tsuda. A superfície parece totalmente coberta de pedras e pedregulhos que dificultariam o pouso da espaçonave. O procedimento foi, assim, reprogramado para final de janeiro de 2019.

EP #194 (3/10):
Às 22:58 hs (Brasília) do dia 2/10 último, o pousador de fabricação alemã, MASCOT (Mobile Asteroid Surface Scout), iniciou as medições geológicas na superfície do…