Skip to main content

#325 - NASA realiza testes de propulsão com o Módulo de Serviço da Orion

Empresas envolvidas com o desenvolvimento do ESA Service Module (ESM), realizaram em dezembro último os testes de propulsão do veículo que levará os primeiros astronautas do programa espacial americano para além da órbita da Terra desde 1972.


EP #246 (5/11):
O módulo de comando (Crew Module) e o módulo de serviço (ESA Service Module), a.k.a. ESM, são basicamente uma réplica das velhas cápsulas Apollo atreladas a um módulo de serviço que eram enviadas ao espaço nas décadas de 60 e 70. 
Um "pouco" mais moderno, o Módulo de Serviço da Orion - agora fabricado na Europa pela Airbus, foi entregue à NASA na semana passada. Esta é a primeira vez que a agência espacial americana irá usar em uma de suas naves espaciais um sistema de propulsão e energia construído pelos europeus.

ESA Service Module (2o a partir da direita). Cŕedito: NASA

 EP #079 (23/4):
O Congresso dos EUA aprovou os recursos de 2018 e 2019 para a NASA realizar a visão do Presidente Trump de manter a liderança do país na área espacial dando continuidade aos projetos Orion, Space Launch System e iniciativas junto ao setor privado.
 A mais interessante das metas estratégicas citadas é a que se refere ao Lunar Orbital Platform-Gateway (LOPG) - uma plataforma na órbita da Lua para estudo do satélite da Terra e do deep space. Eventualmente, a LOPG será utilizada como base intermediária para as viagens à Marte. 
Os primeiros astronautas chegarão em 2025 a bordo de uma cápsula Orion atrelada a um módulo de serviço - European Service Module (ESM) - construído pela Agência Espacial Européia (ESA). Ambos serão levados ao espaço por um foguete Space Launch System (SLS).



São Paulo, 9 de janeiro de 2019