Skip to main content

#196 - Partido NOVO pode estrear em Brasilia com 10 deputados federais

Boa sexta-feira galera. O NOVO poderá fazer algo como 10 deputados na Câmara a partir de 2019. Uma estreia e tanto considerando as dificuldades impostas pela lei eleitoral aos novos entrantes e pela decisão do próprio partido ao abrir mão do fundo eleitoral. Com 10 cadeiras, o NOVO terá o tamanho de partidos como o PSOL, o PV, a Rede e o PC do B. Diferenciais qualitativos e de combatividade são o mínimo que se espera dessa nova bancada liberal.


2  Desconfiança na lisura das apurações é tudo o que o Brasil não precisava nesse momento. As urnas eletrônicas são vulneráveis e o processo não é auditavel, dizem os especialistas há anos. Pior, a lei do voto impresso não é cumprida exatamente por aqueles que deveriam zelar pela lisura do pleito.

Lobão (@lobaoeletrico):
Exatamente, o perigo da fraude está relacionado diretamente à margem de vantagem dos candidatos. Só existirá fraude se a margem for estreita. Portanto, cabe a nós tratorarmos essa margem e eleger Bolsonaro no 1o turno.
3  Pesquisa Datafolha desta quinta-feira (4/10) para presidente:

Jair Bolsonaro (PSL).........35%
Fernando Haddad (PT)......22%
Ciro Gomes (PDT)............11%
Geraldo Alckmin (PSDB).....8%
Marina Silva (Rede)...........4%
Amoêdo (Novo)................3%

ps: impressionante a queda de Marina Silva. Começou em 2o lugar com ~12% das intensões de voto e foi caindo ao longo da campanha. Teve oportunidade de se expor e participar dos debates na TV. Sabia-se da existência de um recall por conta de eleições passadas. Um fenômeno que precisa ser melhor explicado. O que houve com aqueles 22+ milhões (21,3%) de votos que Marina obteve em 2014?

Empresas da economia digital

4  Reportagem da Bloomberg News desta quinta-feira (4/10) dá conta de como espiões chineses se infiltraram em algo como 30 empresas americanas incluindo a Amazon e a Apple. A história começa em 2015 quando a Amazon adquire a Elemental Technologies, uma fabricante de software para descompressão massiva e formatação de videos para equipamentos diversos. A solução incluía uma placa de processamento contendo um chip que executava o código malicioso. 

A descoberta foi feita quando a Amazon enviou os servidores da Elemental para auditoria de segurança no Canadá. Segundo a apuração, o chip malicioso, que não fazia parte do projeto original das placas, foi introduzido pela fabricante Super Micro (sede na Califórnia), que por sua vez terceirizava a fabricação com empresas na China. A vulnerabilidade está na possibilidade de realização logins remotos - meio esse geralmente utilizado pelos fabricantes para manutenção dos seus sistemas. 

A Apple também descobriu o problema em 2015, ao detectar uma estranha atividade de rede, segundo apurou a Bloomberg News. Todos os 7 mil servidores utilizados pela Maçã teriam sido substituídos em poucas semanas.

Parte das empresas afetadas está negando a história, parte está minimizando o impacto na sua operação, alegando que a vulnerabilidade foi neutralizada a tempo. Enfim, mais um escândalo de grandes proporções que vai longe e deve ser minuciosamente apurado. 

Aeronáutica e espaço

5  CEO da Airbus, Tom Enders, quer liderança e autonomia da Europa na área espacial. O executivo faz também um chamamento para cooperação global e parcerias durante o 69o Congresso Internacional de Astronáutica, IAC 2018, realizado essa semana em Bremen, Alemanha. Ousado!! 
6  Cargueiro KC-390 da Embraer será fabricado também nos EUA. A linha de produção é parte do acordo firmado com a Boeing. Na prática, as novas instalações fariam apenas a montagem final do KC-390. O acordo abre as portas do aparelho para outros mercados, incluindo os Estados Unidos.

EP #150 (2/8):
A Força Aérea Brasileria (FAB) deve receber até o final de 2018 o primeiro KC-390 encomendado à Embraer. A entrada em serviço do aparelho, no entanto, foi postergada para o início de 2019. O adiamento se deve ao incidente ocorrido em maio último envolvendo o protótipo 001 durante testes realizados em solo na fábrica de Gavião Peixoto em São Paulo.
A certificação de capacidade operacional da aeronave pela Anac está prevista para este segundo semestre de 2018.
Os executivos da Embraer estão confiantes com produto. Existem boas perspectivas de comercialização do KC-390 considerando o interesse demonstrado pela Boeing na aeronave, dizem os executivos.

crédito: Kavoc



São Paulo, 5 de outubro de 2018