Skip to main content

#201 - Hubble é colocado em "modo de segurança" após falha em giroscópio

O mais icônico dos telescópios espaciais apresentou falha em mais um de seus seus 6 giroscópios, e agora se encontra temporariamente fora de operação. O Hubble (HST) precisa de três giroscópios para assegurar ótima eficiência. São eles que mantêm o telescópio fixo numa posição por longos períodos garantindo o foco das observações. Em maio de 2009, todos eles foram trocados por astronautas em uma missão de manutenção.


Mike Wall (Space):
"It’s true. Very stressful weekend. Right now HST is in safe mode while we figure out what to do. Another gyro failed. First step is try to bring back the last gyro, which had been off, and is being problematic," ~Rachel Osten, Hubble's deputy mission head at the Space Telescope Science Institute (Baltimore).

O Hubble, em operação desde 1990, já está fazendo hora extra por assim dizer. A expectativa do pessoal da NASA é que ele tivesse sido substituído pelo James Webb, o novo super-telescópio que vem encontrando dificuldades na finalização de sua montagem.


Hubble, crédito: NASA

O anúncio de mais um adiamento do James Webb foi feito nesta quarta-feira (27/6) pela NASA, em meio a problemas recorrentes enfrentados durante a construção do telescópio a cargo da Northrop Grumman. O cronograma já apontou para outubro de 2018, depois primavera de 2019, maio de 2020, e agora março de 2021.

EP #125 (28/6):
James Webb é um telescópio espacial multipropósito que irá permitir aos astrônomos estudar algumas das primeiras estrelas e galáxias do universo observável e buscar possíveis sinais de vida na atmosfera de exoplanetas, além de uma variedade de outras tarefas importantes para a ciência.
O aguardado telescópio com espelho principal de 6,5m de diâmetro será o sucessor do Hubble lançado ao espaço em abril de 1990.
Jim Bridenstine (Mashable): Webb is vital to the next generation of research beyond NASA's Hubble Space Telescope... It's going to do amazing things — things we've never been able to do before — as we peer into other galaxies and see light from the very dawn of time. 


São Paulo, 10 de outubro de 2018