Skip to main content

#214 - Kepler: NASA traz telescópio espacial de volta à operação

Após algumas semanas fora de operação, o Kepler volta a ser ativado pela equipe da missão. Essa passou a ser a rotina do famoso telescópio da NASA que pode completar 10 anos de serviço em maio de 2019. Nesse período, o Kepler superou um grave problema em seu sistema de orientação e por pouco não foi aposentado prematuramente. Agora, com seus estoque de combustível no final, a NASA faz manobras operacionais visando estender a vida útil do telescópio o quanto possível. Reabastecer não é uma opção.

Mike Wall (Space):
In May 2013, the second of Kepler's four orientation-maintaining reaction wheels failed, bringing an end to the observatory's original mission.
But Kepler's handlers figured out a way to stabilize the spacecraft using the remaining wheels and sunlight pressure, and Kepler soon embarked on an extended mission called K2.
During K2, Kepler has been hunting for exoplanets and observing a variety of other objects and phenomena, over the course of shifting 80-day campaigns. Kepler began gathering data for the latest one, Campaign 19, on Aug. 29.
But the mission team put the observatory to sleep less than a month later after noticing that Kepler's pointing ability had degraded.

crédito: Astronomy Chronicle

EP #132 (9/7):
Já com o seu estoque de combustível se esgotando, o icônico telescópio espacial caçador de planetas, Kepler, foi colocado na semana passada em uma espécie de hibernação pelos engenheiros da NASA.
Desde janeiro de 1988, mais de 3 mil exoplanetas foram confirmados pelos diversos métodos de detecção, incluindo a missão Kepler.
Até 1/7/18 foram confirmados 3.797 planetas em 2.841 sistemas, com 632 desses sistemas tendo mais que um planeta. Kepler está em operação desde 12 de maio de 2009.



São Paulo, 16 de outubro de 2018