Skip to main content

Uber começa a operar 100 veículos autônomos em Pittsburgh

Numa entrevista à Bloomberg, Travis Kalanick, o CEO da Uber, anunciou a adição a partir deste mês de 100 veículos modelo Volvo XC90s modificados com componentes para direção autônoma. Inicialmente, e como determina a legislação americana, uma pessoa habilitada estará à frente do volante pronta para assumir o controle do veículo caso necessário. Uma segunda pessoa estará no banco ao lado, como uma espécie de co-piloto, para observar e tomar nota das ocorrências.

Não faz muito tempo, pouco mais de um ano para ser mais preciso, um veículo de testes foi flagrado circulando em Pittsburgh. "O veículo é parte dos nossos esforços iniciais de pesquisa com sistemas de mapeamento, segurança e autonomia", confirmou a porta-voz da empresa à época, ao Pittsburgh Business Times. A julgar pela expansão mundial meteórica ao longo dos pouco mais de 5 anos em que está no mercado utilizando veículos convencionais,  não será uma surpresa vê-los dominar também a oferta de serviços com os autônomos.

Os SUVs utilizam tecnologia da empresa Otto que desenvolve sistemas autônomos para caminhões e foi adquirida recentemente sem muito alarde. A Otto foi fundada por Anthony Levandowski, um ex-Google que agora passa a comandar os esforços de desenvolvimento na Uber.