Skip to main content

Soluções wireless da Apple dominam o mercado!

A Apple literalmente atropelou a concorrência no segmento de headphones wireless. Os AirPods não precisaram de mais do que 1 mês para consolidar a liderança que anteriormente já pertencia à Beats*. A segunda plataforma wearable da Apple** tem tudo para seguir uma trajetória de sucesso no ecossistema da Maçã e ela não se deve apenas à performance do Airpod na largada. Explico.

Engana-se quem vê o novo gadget apenas como um par de headphones ou ainda um mero acessório para o iPhone. Esses novos gadgets foram projetados tanto para reprodução quanto para a captura de sons. Em outras palavras, foram criados para uso compartilhado entre você e a assistente Siri. Pense bem...

Falar com um relógio, afinal, nunca foi o nosso sonho de consumo. Funcionava bem para o personagem Michael Knight em seu seriado do início dos anos 80 e nós sabemos bem o motivo, certo?  Agora não mais. Tampouco trocar ideias com um cilindro [Amazon Echo] ou com uma "pastilha" [Dot] poderá ser tão cool quanto a experiência proporcionada pelos Airpods.

Escolha isso ou viva como um Michael Knight do século XXI. Ou pior, como os Flintstones na idade da pedra. Você decide!


*Uma empresa pertencente à Apple, com 24,1% do mercado antes dos AirPods e 15% após o seu lançamento.

A distribuição do mercado ficou assim:
Apple:...........26%
Bose:........... 16,1%
Beats:...........15,4
Sony:............4,2%
Jaybird:........2,5%
(fornte: Slice Intelligence)

**A 1ª é representada pelo Apple Watch, que se tornou um business de $10 bi USD em menos de 1 ano e meio após o lançamento.