Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2017

Automação de última geração no varejo: a Amazon não está sozinha!

Poucos meses se passaram desde que a Amazon apresentou sua loja-conceito, sem filas, sem caixa. Um sistema de controle baseado em machine vision e inteligência artificial identifica os itens nas prateleiras e os detecta quando são removidos, colocados de volta ou largados fora do local original. Lembram disso, não? Então vão lá ver como funciona a Amazon Go

Agora, a Standard Cognition, uma startup da Califórnia, desenvolveu um sistema similar ao da Amazon e anunciou estar prestes a negocia-lo com diversos varejistas nos EUA.

Acompanhem uma simulação daquele software observando e registrando a movimentação [meio caótica] de itens nas prateleiras de uma loja, sendo feita por dois rapazes, no vídeo anexo.

Caso funcione, ou melhor, quando estiver em pleno funcionamento, o referido sistema poderá ser responsável pela eliminação de milhares de postos de trabalho, considerando apenas os operadores de caixa das lojas.

A competição entre varejistas, que já é acirrada, só tende a piorar com a…

Sem turbinas, sem combustível! O futuro da aviação já chegou

Há pouco mais de 4 meses, em abril/17 mais exatamente, a Lilium Jet, uma jovem empresa com apenas 2 anos de atividade, completou uma série rigorosa de testes nos céus da Alemanha. A aeronave, um protótipo de dois lugares, realizou manobras complexas incluindo a transição de decolagem vertical para o voo com sustentação alar.

A ideia dos fundadores da Lilium é criar um sistema de táxi aéreo que opera dentro das cidades. Um voo partindo do centro de NY para o aeroporto Kennedy, por exemplo, seria feito em apenas 5 minutos, considerando a velocidade prevista de até 300 Km/h!!

O sucesso dos referidos testes levou a empresa a obter esta semana um adicional de $90 mi USD em funding [além dos $10 mi USD iniciais] visando a continuidade do projeto.

O pessoal da aeromagazine descreve assim a mágica que faz uma aeronave com motores elétricos operar praticamente como um modelo de turbinas convencionais:

"Trata-se de uma aeronave leve, potenciada por 36 motores a jato elétricos montados nas …

iPhone X na casa dos $1.000 USD! Agora sabemos o porquê

A poucos dias do grande evento de apresentação, crescem os rumores acerca das especificações, recursos, preços e prazos de disponibilização dos novos produtos da Apple.

A mais aguardada das novidades desse ano, é o lançamento de uma versão especial de iPhone que, segundo especulações, pode custar a partir de $1.000 USD [na configuração básica].

A explicação para a forte elevação dos preços, caso ela se confirme, é oferecida por Ming-Chi Kuo, analista da KGI Securities, segundo artigo da Mac Rumors. Vejam isso:

In a new research note shared with investors this morning, Ming-Chi Kuo says OLED iPhone panel supply is "controlled wholly by Samsung," with Samsung likely charging Apple $120 to $130 per OLED panel module, which is approximately $75 more than the 5.5-inch LCD module price of $45 to $55 for "Plus" sized iPhones. (macrumors)

A dependência da Apple em relação a componentes fabricados pela Samsung é antiga. Uma curiosa relação entre duas empresas que competem fe…

Musk, Zuckerberg, Putin e as bravatas de Kim Jong-un. Será o fim do mundo?

As ameaças do ditador norte-coreano esta semana foram o pano de fundo ideal para a já conhecida retórica de Elon Musk quanto aos riscos da inteligência artificial para a humanidade. “Competition for AI superiority at national level most likely cause of WW3 imo,” tuitou Musk na última segunda-feira (4/9).

A afirmação foi também uma resposta à outra declaração de Vladimir Putin: "Artificial intelligence is the future not only of Russia but of all of mankind". "Whoever becomes the leader in this sphere will become the ruler of the world".

Zuckerberg também entrou na pendenga ao afirmar, meses atrás, que a retórica de Musk é "bastante irresponsável". Musk, por sua vez e respondendo à altura, afirmou ser "limitado" o entendimento do CEO do Facebook quando se trata de inteligência artificial (sic).

Há anos Elon Musk discute a questão com especialistas e pede a intervenção dos governos por regulação. Em janeiro/15 um grupo de cientistas subscreveu uma …

Musk, Zuckerberg, Putin e as bravatas de Kim Jong-un. Será o fim do mundo?

As ameaças do ditador norte coreano esta semana foram o pano de fundo ideal para a já conhecida retórica de Elon Musk quanto aos riscos da inteligência artificial para a humanidade. “Competition for AI superiority at national level most likely cause of WW3 imo,” tuitou Musk na última segunda-feira (4/9).

A afirmação foi também uma resposta à outra declaração de Vladimir Putin: "Artificial intelligence is the future not only of Russia but of all of mankind". "Whoever becomes the leader in this sphere will become the ruler of the world".

Zuckerberg também entrou na pendenga ao afirmar, meses atrás, que a retórica de Musk é "bastante irresponsável". Musk, por sua vez e respondendo à altura, afirmou ser "limitado" o entendimento do CEO do Facebook quando se trata de inteligência artificial (sic).

Há anos Elon Musk discute a questão com especialistas e pede a intervenção dos governos por regulação. Em janeiro/15 um grupo de cientistas subscreveu uma …

Google: machine learning coloca Street View em novo patamar

Google Street View em novo patamar tecnológico passa utilizar câmeras de alta definição e processamento de imagens com técnicas de machine learning.  Algoritmos mais poderosos, são capazes de criar automaticamente endereçamentos no banco de dados de mapas da empresa, baseados em localização e transcrição de quaisquer nomes e números identificados nas imagens capturadas.

Vídeo: Epic Upgrades for Google Maps Street View | WIRED

#Google
A recessão ficou para a história, porém não existem garantias de que o aumento da atividade econômica registrado nos últimos dois trimestres seja consistente.

“É uma variação positiva. A gente nem chama de crescimento. Apontamos crescimento quando é superior a 0,5%”. “Estamos num ciclo ascendente da economia, mas ainda não dá para chamar de recuperação” disse a coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, Rebeca de La Rocque Pali.