Pular para o conteúdo principal

Sem turbinas, sem combustível! O futuro da aviação já chegou

Há pouco mais de 4 meses, em abril/17 mais exatamente, a Lilium Jet, uma jovem empresa com apenas 2 anos de atividade, completou uma série rigorosa de testes nos céus da Alemanha. A aeronave, um protótipo de dois lugares, realizou manobras complexas incluindo a transição de decolagem vertical para o voo com sustentação alar.

A ideia dos fundadores da Lilium é criar um sistema de táxi aéreo que opera dentro das cidades. Um voo partindo do centro de NY para o aeroporto Kennedy, por exemplo, seria feito em apenas 5 minutos, considerando a velocidade prevista de até 300 Km/h!!

O sucesso dos referidos testes levou a empresa a obter esta semana um adicional de $90 mi USD em funding [além dos $10 mi USD iniciais] visando a continuidade do projeto.

O pessoal da aeromagazine descreve assim a mágica que faz uma aeronave com motores elétricos operar praticamente como um modelo de turbinas convencionais:

"Trata-se de uma aeronave leve, potenciada por 36 motores a jato elétricos montados nas asas via 12 flaps móveis. Durante a decolagem, os flaps apontam para baixo para proporcionar sustentação vertical. Uma vez no ar, eles assumem gradualmente uma posição horizontal, permitindo o deslocamento horizontal da aeronave".

"Os motores a jato elétricos funcionam como os turbofans a jato de um avião normal. Eles sugam o ar, o comprimem e o jogam para trás. Mas... cadê o combustível e as turbinas? Simplesmente não têm. O fan do compressor, na frente, não é acionado por uma turbina, mas por um motor elétrico de alto desempenho, portanto ele é muito mais silencioso e totalmente livre de emissões poluentes".

Video: The Lilium Jet – The world's first all-electric VTOL jet