Skip to main content

Jeff Bezos pode adquirir o Twitter, mas há bons motivos para isso?

Há quase 10 anos ouço argumentos pró e contra acerca de quem deveria comprar o Twitter. Google, Facebook, Microsoft, Apple e Amazon, só para citar as grandes do Silicon Valley e da região de Seattle, já foram apostas pelo menos uma vez ao longo desses anos. Bezos [o próprio, e não a Amazon] aparece agora como a bola da vez.

Kurt Wagner (Recode) parece já ter, inclusive, o esquema financeiro que viabilizaria a aquisição da empresa. Diz ele:

Amazon could easily make it work. Even at a very high 30 percent premium, Twitter’s takeout price would be around $16 billion. And while Amazon had $15.4 billion in cash at the end of June, it could offer stock plus cash. Or it could just borrow the funds outright as it did when it bought Whole Foods for just under $14 billion in June.

Assim como a maioria das outras especulações, ainda vejo tudo isso como uma grande viagem desse pessoal. Os movimentos recentes da Amazon/Bezos visaram principalmente fortalecer a presença dos negócios da empresa no mundo físico, e não o contrário. A aquisição da Whole Foods [$14 bi USD] e os testes com as lojas de auto-atendimento totalmente automatizadas são mostras disso.

Por que então Bezos investiria $16 bi USD na aquisição de uma mídia social - ainda que as features na área de publicidade e a natural adequação da ferramenta para atendimento ao consumidor tenham lá o seu valor para os negócios atuais da Amazon?

#Amazon #Twitter