Skip to main content

Entrevista com João Amoêdo, pré-candidato a presidente pelo Novo

Gazeta do Povo entrevista João Amoêdo, o candidato a presidente do Partido Novo, a direita liberal. Quem é o representante da direita liberal que quer reduzir o Estado para consertar o Brasil




Destaques do vídeo:

1) Redução nas áreas de atuação do Estado:

2:10 Redução nas áreas de atuação do Estado:

2:30 Privatizar todas as empresas estatais

2:55 Poupança do cidadão (FGTS, Previdência) não deve ser gerenciada pelo Estado

3:25 Reduzir os privilégios e mordomias no Estado.

3:55 Devolução de poder aos Estados e Municípios.



2) 4:50 Reforma da Previdência

5:35 Estudar o rombo na Previdência Rural

6:10 Combater as distorções no funcionalismo público

6:20 Igualar as idades de aposentadoria de homens e mulheres

6:40 Caminhar para um sistema de capitalização

9:17 A reforma da Previdência é um meio, não um fim, para termos um Estado saudável e um ambiente propício para geração de riqueza


3) 10:05 Privatizações:
10:30 As empresas estatais são estratégicas para os políticos.”

11:32 “O processo de privatização não pode transformar um monopólio público em um monopólio 

11:40 “O Estado não tem que ter nenhuma empresa.”

12:20 "Ninguém perguntou ao cidadão se ele queria ser sócio de uma estatal"



4) 13:15 Segurança Pública: problemas em todo o processo

13:42 A separação das polícias não é o ideal.

13:57 Polícia é desvalorizada

14:15 Problemas na justiça: de lentidão e de cumprimento de mandatos

14:21 Legislação muitas vezes muito branda (penas deviam ser maiores)

14:30 Problemas no encarceramento

14:38 Atuação do Governo Federal junto aos Estados deveria ser maior


5) 15:16 Outros

15:16 Liberalismo é contra o "social"?

16:05 "São sempre os mais pobres que pagam quando o Governo não fecha as contas"

17:06 Aumento de produtividade (que tira as pessoas da pobreza) vem com educação básica de qualidade.

17:23 Bolsa-Família: faz sentido como um programa de transição e apresenta menos ingerência ao entregar dinheiro diretamente ao cidadão, mas deveria estar junto com algum programa de capacitação.

18:03 “Desempenho do programa deve ser medido pela quantidade de pessoas que saem, e não pela quantidade de pessoas que entram.”

19:20 NOVO é contrário ao Estatuto do Desarmamento.

20:07 NOVO é contrário ao sistema de cotas: "deveríamos atuar na origem do problema".

21:27 NOVO é favorável ao casamento de pessoas de mesmo sexo.

22:24 Cada candidato do NOVO tem a liberdade de ser contra ou a favor do aborto e da liberação das drogas

24:15 Amoêdo defende a manutenção da lei atual do aborto

24:40 Amoêdo defende revisão da legislação contra as drogas porque hoje não está sendo efetiva, mas com prioridade menor que os outros problemas

25:20 Luciano Huck conversou com o NOVO, mas nunca se cogitou que fosse candidato pelo partido


27:26 João Doria chegou a cogitar participar das prévias do NOVO para a Prefeitura.

28:03 Bernardinho está avaliando a pré-candidatura para o Governo do Rio.

29:50 Papel do Gustavo Franco no NOVO e na elaboração de um programa para a Presidência.

31:41 Estratégia do NOVO diante do pequeno tempo de TV: redes sociais e eventos promovidos por voluntários; sede de mudança do povo.

32:57 Liberalismo não é bem aceito? Outros pré-candidatos que nunca foram liberais estão adotando esse discurso, o que é um indício de que o povo quer um novo modelo.

6) 34:15 Imagem negativa de "banqueiro"?

34:45 "Nunca me considerei banqueiro."

35:19 “Não se deve medir o caráter pela profissão.”

35:49 “Precisamos quebrar a imagem de que pessoas que tiveram sucesso, criaram riqueza e empregaram pessoas são do mal.”

36:00 O partido NOVO incentiva um novo modelo em que pessoas de sucesso na iniciativa privada vão para a política genuinamente para dar sua contribuição para o mundo público.

37:46 Histórico pessoal e profissional até a fundação do partido NOVO.