Pular para o conteúdo principal

#021 - Facebook bane anúncios de criptomoedas e Google, 700K apps maliciosos de sua loja; Altered Carbon chega ao Netflix dia 2/2

Boa quarta-feira amigos. No futuro distante a consciência humana pode ser digitalizada em diferentes corpos. Na trama de Altered Carbon (trailer) um prisioneiro regressa à vida num novo corpo 250 anos após a sua morte com a oportunidade de ganhar a liberdade. Mas para isso, tem de resolver um complexo homicídio. A série, baseada no livro do mesmo nome, promete. Sexta-feira(2/2) no Netflix.

Nova política do Facebook proíbe anúncios de serviços e produtos financeiros que são frequentemente associados com praticas promocionais enganosas. Criptomoedas, opções e oferta inicial de moedas (ICO) estão na lista. "A política faz parte de um esforço contínuo para tornar mais difícil para os golpistas se beneficiarem de uma presença no Facebook", afirma Rob Leathern, diretor de produto da plataforma. Ações como essa punem injustamente empresas legítimas que atuam no setor, lembrando que Marc Andreessen e Peter Thiel, dois proeminentes investidores em startups que atuam com criptomoedas, fazem parte do conselho de administração do Facebook.

700 mil apps foram retiradas da Google Play por violação das políticas da loja, uma limpeza 70% maior do que a realizada em 2016. "Nós fomos capazes de identificar e agir mais cedo contra as aplicações maliciosas" se comparado a anos anteriores", informou Andrew Ahn, diretor de produto responsável pelo Google Play, no blog de desenvolvedores da empresa. 99% dos apps com conteúdo abusivo foram identificados e rejeitados antes mesmo de terem sido disponibilizados. Novos modelos e técnicas de machine learning são os principais responsáveis pelos resultados obtidos.


São Paulo, 31 de janeiro de 2018