Skip to main content

#029 - Scanners nas ruas: identificando você em tempo real!

Boa segunda-feira amigos. No Reino Unido, a polícia começou a utilizar scanners portáteis digitais para obter ou confirmar dados de pessoas que não tenham como se identificar quando abordados. As impressões coletadas são comparadas contra um banco de dados com 12 milhões de registros das bases criminal e de imigração. Se o match é obtido, o sistema retorna em menos de um minuto o nome, a data de nascimento e outras informações de identificação. O sistema ficou em teste por 3 semanas e agora 250 deles estão sendo distribuídos aos policiais britânicos.

Apple Watch vs suíços - Estimativas sugerem que a Apple vendeu mais relógios do que toda a indústria relojoeira suíça no último trimestre de 2017. 8 milhões deles, segundo dados da Canalys e da Federação da Indústria de Relógios da Suíça. "Foi o nosso melhor trimestre para o Apple Watch desde o seu lançamento", disse Tim Cook no início de fevereiro.

Ano Novo com iPhone X - A Apple celebrou o Ano Novo Chinês com a produção do curta metragem "Three Minutes", gravado inteiramente com um iPhone X e dirigido pelo aclamado diretor Peter Chan. O vídeo tem a duração de 7 minutes e conta com um final emocionante.

Impostos com Bitcoins? - O Senado do Arizona votou no último dia 8/2 pelo aceite de Bitcoins e outras criptomoedas para pagamento de impostos estaduais. O projeto de lei ainda depende de tramitação na House of Representatives e, uma vez aprovado, o recebimento começaria em 2020. Após a conversão feita para US$ na taxa vigente o pagador de impostos se responsabilidade pela diferença a menor ou é creditado pelo que ultrapassar o imposto devido.

Nest de volta ao ninho! - A Nest deixa de ser [mais uma vez] uma empresa independente e volta a ser parte do Google, após 3 anos como uma subsidiária da Alphabet. Conhecida por seus termostatos residenciais inteligentes, a Nest poderá melhorar a sua capacidade de competição com a Amazon e a Apple. Numa entrevista à CNET, Rick Osterloh, chefe da área de hardware do Google, disse que a ideia é alinhar todas as verticais que utilizam hardware integrado à inteligência artificial em uma única unidade para que a proximidade torne o trabalho dos times mais eficiente.


São Paulo, 12 de fevereiro de 2018