Skip to main content

#042 - Neutralidade da rede, Galaxy S9 vs iPhone X, Congresso aprova o Uber, vítimas do novo algorítimo do Facebook e mais

Boa quinta-feira galera. Regras locais visando a neutralidade da rede são aprovadas em Washington. A lei que passou pelo senado estadual e pela câmara dos representantes no último dia 9/2, se aplica a todos os residentes do estado, quer o provedor de Internet (ISP) tenha ou não negócios com o governo. Washington não foi o primeiro estado a proteger seus cidadão desde que o FCC decidiu retirar as regras federais que garantiam a Neutralidade. Montana, New Jersey e Nova Iorque saíram na frente, porém a sua aplicação naqueles estados depende de condicionantes.

- A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (28/2) uma versão pró-Uber do Projeto de Lei que regulamenta os aplicativos de transporte. O texto final eliminou diversas exigências que tornariam os serviços de empresas como Uber, Cabify e 99 muito semelhantes aos dos táxis. O Congresso, com isso, atende aos pedidos de centenas de milhares de motoristas e da grande maioria dos usuários do sistema. A sessão de votação foi tumultuada mas ao final o plenário manteve o texto vindo do Senado por 227 votos contra 166, com 11 abstenções. Em uma nota distribuída após a aprovação da Lei:
A Cabify considera a aprovação do texto com uma regulamentação justa para o setor de mobilidade urbana como uma conquista. Para a empresa, o texto considerou todos os envolvidos: municípios, população, motoristas parceiros e empresas de aplicativos – que foram disruptivas ao conectar motoristas parceiros com a população. Por isso, o resultado de hoje coloca o Brasil como protagonista na vanguarda da inovação e na construção de soluções para a mobilidade urbana ao estabelecer uma regulamentação equilibrada e sinalizar positivamente para investimentos ligados à inovação.

- A mudança de algoritmo do Facebook continua fazendo vítimas. Desta vez, a baixa ocorre com o site de estilo de vida Little Things. 100 funcionários serão dispensados, segundo seu CEO Joe Spieser. Desde o seu lançamento em 2014 a Little Things havia ativado 12MM de seguidores. A empresa tirava vantagem da ênfase pelo Facebook aos conteúdos em vídeo, e produzia seu próprio material voltado à culinária e estilo de vida. O site www.littlethings.com ainda se encontrava no ar nesta quarta-feira(28/2).


- A Waymo quer tranquilizar futuros usuários de veículos autônomos. Vídeo explica a tecnologia utilizada; tá fácil?




- O lançamento do Galaxy S9 traz um contendor de peso para o iPhone X. Os novos modelos da Sammy foram mostrados no último domingo (25/2) durante o MWC em Barcelona. As inovações apresentadas, no entanto, são apenas incrementais e basicamente só o hardware se torna mais competitivo. Para se torna líder do segmento high-end de smartphones a Samsung precisa impulsionar serviços, conteúdo, parcerias e criar software mais inovador. Até lá, resta à Sammy travar o bom combate no campo das características de design e performance dos seus aparelhos.


- A Lacoste perde o seu icônico logo para ajudar a salvar 10 espécies ameadas de extinção. Uma edição limitada de suas camisas polo troca o famoso jacaré pela representação de tartarugas, tigres da Sumatra e outros animais. No caso dos tigres, serão produzidas apenas 350 camisas, o número de animais daquela espécie ainda vivos. A campanha marca o início de uma parceria de 3 anos entre a Lacoste e a União Internacional de Conservação da Natureza. A receita com as vendas reverterão em benefício da entidade.





- Aula de MS Word numa lousa causa comoção e pronta reação da Microsoft. Depois que as fotos do professor Kwadwo viralizaram na Internet, o caso [bizarro] chegou ao conhecimento da Microsoft África. A reação óbvia de Redmond foi o mínimo que se esperava.





São Paulo, 1 de março de 2018