Pular para o conteúdo principal

#044 - Novo Spectacles na esteira da concorrência. Prontos para uma nova onda de experimentos?

Boa segunda-feira amigos. A Snap tem planos para lançar duas novas versões dos óculos Spectacles. Uma surpresa, considerando que milhares daqueles gadgets de realidade aumentada, vendidos pelo preço inicial de $130 USD, ficaram encalhados desde que surgiram em 2016. Os rumores de que a Apple, a Amazon e outras empresas preparam seus lançamentos, explicariam a insistência da Snap Inc. O Spectacles 2.0 deve chegar ao mercado no final de 2018 e, sinceramente, eu não apostaria $1c em algo muito mais convincente do que a versão original. 

crédito:St.Johns C. Projects

- E por falar em wearables, o mercado tem novo líder. Com 57,5% de crescimento no número de dispositivos despachados no 4º trimestre de 2017, a Apple ultrapassa a Fitbit e se torna a #1 no segmento. Foram 8.0 milhões de unidades despachadas no Q4/17 vs 5.1 em igual período de 2016. O mercado global registrou um aumento de 7.7% y/y passando de 35.2 milhões para 37.9 milhões de unidades, ainda que o ritmo de crescimento não seja mais o mesmo. Para Ramon Llamas, analista do IDC:
"The slowdown is not due to a lack of interest – far from it. Instead, we saw numerous vendors, relying on older models, exit the market altogether. At the same time, the remaining vendors – including multiple start-ups – have not only replaced them, but with devices, features, and services that have helped make wearables more integral in people's lives. Going forward, the next generation of wearables will make the ones we saw as recently as 2016 look quaint.


- Facebook realiza testes do Voice Clips com usuários da sua plataforma na Índia. A ideia é oferecer uma opção de compartilhamento de voz mirando países onde os usuários têm dificuldade com teclados de linguagem não nativa. Segundo o porta-voz do Facebook:
We are always working to help people share and connect with their friends and family on Facebook in ways that are authentic to them. Voice Clips gives people a new medium through which to express themselves.

Economia e Política

- Dobradinha PSDB + PMDB. Alguém já disse que no Brasil não há partidos políticos, apenas siglas. Seus atores saltam para um lado ou para o outro dependendo de onde se encontram as maiores chances de se manterem no poder. Ainda mais agora que o foro privilegiado virou questão de sobrevivência.




- Aço e Alumínio. Numa medida duramente criticada pelo mercado americano e por líderes das grandes nações, o presidente Trump impôs tarifas de 25% sobre a importação de aço e 10% na de alumínio, valendo a partir desta semana (5-11/3). O Dow Jones Industrial Average fechou a última quinta-feira em queda (420 pontos) acompanhado do S&P 500 e da Nasdaq.

Na conferência de imprensa realizada na Casa Branca o POTUS afirmou:
People have no idea how badly our country has been treated by other countries, by people representing us that didn’t have a clue
Mais tarde pelo Twitter:
Our Steel and Aluminum industries (and many others) have been decimated by decades of unfair trade and bad policy with countries from around the world. We must not let our country, companies and workers be taken advantage of any longer. We want free, fair and SMART TRADE!

Para os analistas, o consumidor americano irá experimentar aumento de preço nos produtos que utilizam aqueles insumos e a economia não terá ganhos líquidos com o aumento do emprego. Os fabricantes de aço perderam 3/4 de sua força de trabalho no período 1962-2005, porém muito disso se deveu aos avanços da tecnologia e o consequente aumento da produtividade por trabalhador da ordem de 5x, segundo um estudo da American Economic Association. O Brasil é o 2º maior exportador de aço para os EUA e as novas tarifas irão causar impacto em 1/3 das nossas exportações da commodity.

Com essa medida Donald Trump cumpre mais uma de suas promessas de campanha, para o bem ou para o mal.



São Paulo, 5 de março de 2018