Pular para o conteúdo principal

#093 - Fake news: Facebook pronto para as eleições no Brasil

Boa sexta-feira galera. A partir da próxima semana o Facebook dará início a um programa de verificação de notícias em parceria com as agências brasileiras Lupa e Aos Fatos. Os dois serviços receberão do Facebook as notícias denunciadas como fake news pelos usuários da plataforma.

Dependendo da análise daquelas agências de fact checking, o Facebook poderá determinar a redução do alcance orgânico dos posts. Além disso, eles serão impedidos de receber o chamado  "impulsionamento", enquanto os administradores do site e os usuários que compartilharam o conteúdo receberão notificações. Haverá também um aviso dando conta de que aquele post teve a sua veracidade questionada pelas agências. Em caso de reincidência, o site responsável poderá ser impedido de promover anúncios na rede social.



 2   Cadastro positivo: mais importante do que promover ajustes no mecanismo é encontrar soluções para que partes cada vez maiores da renda do trabalho permaneçam nas mãos das famílias, reduzindo a necessidade de tomarem dinheiro emprestado. 

João Amoedo (texto, via Twitter):
Se aumentarmos a concorrência isso sem dúvida terá um maior impacto. Precisamos também melhorar as regras do negócio, a estabilidade jurídica, tentar desregulamentar, dar mais liberdades para instituições virem para cá...E aprovar o tal cadastro positivo, que é você liberar o histórico das pessoas e, com este histórico, a entidade cobrar taxas diferenciadas de acordo com o perfil de risco de cada um. Tem medidas administrativas que podem melhorar, mas no meu entendimento a principal maneira de melhorar isso é aumentar a concorrência.
Agora, o próprio consumidor deve tentar pegar menos dinheiro emprestado. Isso acontece porque 40% do que a gente produz vai para o governo, então na medida em que a gente for equilibrando as contas públicas e tiver uma carga tributária menor, as pessoas vão ter mais recursos e vão se endividar menos.
Esse novo esquema com "opt-out" não é o melhor dos mundos, mas talvez seja o preço a ser pago para melhorar a qualidade dos empréstimos, reduzir juros e diminuir a burocracia. (ps: libertários odeiam esquemas assim!)

 3   A primeira pesquisa da disputa eleitoral para o governo do Rio de Janeiro põe o senador Romário (Podemos) em primeiro lugar com 26,9% dos votos. Na sequência: Eduardo Paes (DEM) com 14,1%, Garotinho (PRP) com 11,2%, Índio da Costa (PSD), com 8,2% e Bernardinho (Novo) com 6,3%. A pesquisa foi realizada pelo Paraná Pesquisas e divulgada pelo Jornal do Brasil. A margem de erro é de 2,5% para mais ou para menos.

Empresas da Economia Digital

 4   A Apple pode adotar a nova tecnologia MLCD+ produzida pela LG em um de seus 3 modelos de iPhone [supostamente: 5.8" e 6.5" (OLED) e 6.1" (LCD)] previstos para o final de 2018.

Unlike traditional LCD displays, in which each pixel has three subpixels — red, green, and blue — that are all lit together to display white, the MLCD+ has a fourth pixel dedicated to white. This allows the display to get significantly brighter than other LCDs. It also helps improve color accuracy, and yet, MLCD+ is more power efficient than its predecessors. 
“Its color reproduction rate is 100% on the DCI-P3 basis which expresses delicate colors close to nature even on bright screens,” explains Business Korea. “At the same brightness, the G7 ThinQ consumes 30% less power compared to the previous G6 model loaded with an LCD display.”
 G7 TinQ, crédito: LG / Cult of Mac

 5   R.I.P Klout. A startup que durante anos foi referência para verificação de influência nas mídias sociais encerra suas atividades no próximo dia 25/5. O serviço, lançado em 2011, vinha perdendo relevância nos últimos tempos. 

Aeronáutica e espaço

 6   A SpaceX adiou para esta sexta-feira (11) o lançamento do Falcon 9 Block 5 - a mais nova geração do mais utilizado de seus propulsores. A novidade é que o Block 5 é a versão final com as melhorias que permitem a utilização do equipamento por 10x com apenas uma inspeção entre as decolagens e até 100x com algumas reformas. 

Reusability is intended to save money, but the benefit of not having to build nine new engines and the rest of the first stage for each flight is reduced by the cost of recovering the rocket and refurbishing it between flights. Currently, SpaceX is re-flying boosters after about a six month break, which is far from the forty-eight hour turnaround that Musk and company aim for.
If it works as expected, re-using the Block V Falcon 9—already the best deal in the market—could drive up SpaceX’s profit margins at a time when it is trying to recoup development costs and push forward into a new, larger rocket intended to ply the solar system.
Today, it will lift a Bangladeshi satellite into orbit, but its final purpose is to show NASA it is safe to carry astronauts to the International Space Station next year.


São Paulo, 11 de maio de 2018