Skip to main content

#169 - Opportunity: NASA mantém o suspense sobre a reativação do rover

Boa quarta-feira galera. "Simplesmente não sabemos o que vai acontecer", disse Steve Squyres, um dos investigadores envolvidos no projeto, à publicação Space. Só existe um modo de descobrir e é esperar o aparelho emitir algum sinal, completou. O último contato ocorreu em 10 de junho último quando o pequeno veículo foi forçado a uma espécie de hibernação devido a uma enorme tempestade na região da cratera Endeavour onde o Opportunity se encontra.

EP #159 (15/8):
O rover Opportunity permanece em silêncio apesar do fim das tempestades de areia que cobrem Marte há meses. Controladores da NASA já trabalham com a possibilidade do rover não voltar a funcionar. A rigor, no entanto, não há muito do que se queixar.
A vida útil, originalmente estimada em 3 meses, se estendeu para incríveis 14 anos. Em maio último, o rover passou a operar em modo de baixa energia na esperança de que pudesse se religar após a passagem da tempestade. Todavia, é provável que as placas estejam agora cobertas de areia e impossibilitadas de coletar energia solar. Fim da linha, RIP Opportunity!
crédito: NASA
Mike Wall (Space):
The golf-cart-size Opportunity touched down on Mars in late January 2004, three weeks after its twin, Spirit, landed in a different part of the Red Planet.
The two solar-powered rovers embarked on three-month missions to hunt for signs of past water activity. Both found lots of such evidence in relatively short order and then continued exploring, rolling through the red dirt for years after their warranties expired.
Spirit finally gave up the ghost in 2010 after getting bogged down in a Martian sand trap, but Opportunity has remained remarkably healthy and resilient over the years. No vehicle, robotic or crewed, has ever traveled farther on the surface of another world than Opportunity, whose odometer currently reads 28.06 miles (45.16 kilometers). 

Economia e política

2   Passando vergonha. O que ainda falta para esse pessoal entender que o Whatsapp não arquiva as conversas dos usuários? Mais que isso, a criptografia utilizada foi desenvolvida propositalmente de modo a não ser quebrada.

O WhatsApp acumula multa bilionária por descumprir ordem judicial que o obrigava a colaborar com a Polícia Federal (PF) na Operação Malote. A empresa deveria ter repassado à PF conversas trocadas via o aplicativo de mensagens e, como não fez, foi multada pela Justiça. As multas se acumulam há meses e já chegam, segundo a PF, a R$ 2,1 bilhões.

Eleições 2018

3   Critérios para escolha de candidatos: avaliar os feitos do passado e a situação junto à Justiça são um must. Mais valiosos do que a maioria adotada pelos eleitores incautos. Quem nunca ouviu o velho "não conheço, mas votei porque um amigo me pediu"?? Para Deltan Dallagnol, segundo o Estadão, os eleitores precisam levar em conta o passado dos concorrentes a cargos eletivos. “..de uma maneira geral se nós queremos ter uma postura firme contra a corrupção precisamos selecionar entre o hall de candidatos que têm o passado limpo e não o passado sujo".



São Paulo, 29 de agosto de 2018