Skip to main content

#172 - União dos Caminhoneiros ensaia nova paralisação

Boa segunda-feira galera. Uma nova mobilização de caminhoneiros começou a ser articulada para após o feriado da Independência pela União dos Caminhoneiros do Brasil (UDC). Outras entidades representativas não reconheceram a convocação. Segundo relatou o Estadão, os caminhoneiros devem fazer um protesto em frente à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) no dia 12/9 próximo.

Heloísa Negrão (Folha):
A entidade reclama da falta de fiscalização nas estradas pela ANTT. A UDC pede mais fiscais e postos de fiscalização que obriguem às transportadoras a cumprirem a tabela mínima do frete. “Pedimos imediatamente as seguintes providências afim de que a população brasileira não sofra os danos de uma nova paralisação”, afirma a nota.

Caminhoneiros ensaiam nova paralisação: um risco nada desprezível considerando o acordo mal ajambrando, feito às pressas e que pouco produziu, além, é claro, de tornar o país refém daquela categoria.

Economia e política

2   Os EUA têm lá as suas diferenças com o Comitê de Direitos Humanos da ONU há anos. Fato é que a sua saída foi oficializada em junho último.

Nikki Haley (embaixadora dos EUA ONU):
Neste ano, como nos anteriores, o conselho de direitos humanos aprovou cinco resoluções contra Israel — mais do que as aprovadas contra Coreia do Norte, Irã e Síria juntos. Esse foco desproporcional e hostilidade contra Israel é a prova clara de que a motivação do conselho é política , e não relacionada a direitos humanos. Se o conselho vai atacar países que protegem direitos humanos, e proteger países que os violam, então os EUA não deveriam dar a ele nenhuma credibilidade.


As recentes recomendações do órgão para o Brasil (vide Caso Lula na ONU) são um sinal de que o nosso país também precisa subir o tom das conversas por lá.

3   Cresce no país o interesse por meios alternativos de aprendizado em meio a péssima qualidade do ensino proporcionado pelo estado. O programa de governo de João Amoêdo prevê dar bolsas (vouchers) que darão aos pais a opção de matricular seus os filhos em escolas particulares.


Eleições 2018

4   O Partido Novo e o PSDB entraram com representações junto ao TSE contra as inserções do PT no horário eleitoral. Os tucanos se queixam do jingle de Lula e Haddad ter sido tocado nas propagandas de deputados estaduais e federais. O Novo aponta que Lula foi apresentado como candidato no programa de sábado contrariando a decisão tomada pela Justiça. Segundo o Globo, em uma das inserções aparece Haddad dizendo: "tenho muito orgulho de ser vice-presidente de Lula".

Aeronáutica e espaço

5   A NASA resolveu dar um prazo final para a reativação do Opportunity que está em silêncio há meses. O rover foi lançado em 2003 e chegou à Marte em janeiro de 2004, quando começou a realizar pesquisas nas cercanias do local do pouso. O plano gora é o seguinte: primeiro a NASA vai aguardar que a poeira suspensa no ar baixe até o nível 1,5 tau* [que no auge da tempestade era de ~10 tau]. Nos 45 dias seguintes os controladores irão fazer a chamada "escuta ativa" na qual enviarão comandos forçando o rover a responder. A etapa seguinte será de "escuta passiva". Independentemente de quanto tempo essa escuta durar a decisão final será tomada em janeiro de 2019, segundo John callas, gerente do projeto Opportunity no JPL. *tau in astronomy 

"Simplesmente não sabemos o que vai acontecer", disse Steve Squyres, um dos investigadores envolvidos no projeto, à publicação Space. Só existe um modo de descobrir e é esperar o aparelho emitir algum sinal, completou. O último contato ocorreu em 10 de junho último quando o pequeno veículo foi forçado a uma espécie de hibernação devido a uma enorme tempestade na região da cratera Endeavour onde o Opportunity se encontra.
EP #159 (15/8):
O rover Opportunity permanece em silêncio apesar do fim das tempestades de areia que cobrem Marte há meses. Controladores da NASA já trabalham com a possibilidade do rover não voltar a funcionar. A rigor, no entanto, não há muito do que se queixar.
 A vida útil, originalmente estimada em 3 meses, se estendeu para incríveis 14 anos. Em maio último, o rover passou a operar em modo de baixa energia na esperança de que pudesse se religar após a passagem da tempestade. Todavia, é provável que as placas estejam agora cobertas de areia e impossibilitadas de coletar energia solar. Fim da linha, RIP Opportunity!



São Paulo, 3 de setembro de 2018