Skip to main content

#187 - NASA encontra mais dois exoplanetas semelhantes à Terra

Boa segunda-feira galera. Um time de astrônomos da NASA anunciou no último dia 19 (e 20/9) a descoberta de dois [candidatos a] exoplanetas semelhantes à Terra. Ambos foram encontrados pelo Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS).

Um deles, Pi Mensae c, é uma super-Terra (2 x) que orbita a estrela Pi Mensae a cada 6,3 dias e se encontra a uma distância de 60 anos luz da Terra. O outro, LHS 3844b, um pouco maior (1,3 x) do que a Terra, orbita uma anã vermelha a cada 11 horas e se encontra a uma distância de 49 anos luz.

Michelle Starr (Sciencealert):
Both planets appear to be Earth-like and rocky, but neither is habitable according to our guidelines - both are too close to their stars for liquid water. A preliminary analysis indicates that the planet has a rocky iron core, and also contains a substantial proportion of lighter materials such as water, methane, hydrogen and helium - although we'll need a more detailed survey to confirm that. It also has a sibling - it's not the first object to be found orbiting Pi Mensae. That honour goes to Pi Mensae b, an enormous planet with 10 times the mass of Jupiter discovered in 2001. It's much farther out than Pi Mensae c, on an orbit of 2,083 days.

EX Post #147 (30/7):
TESS, o mais avançado caçador de exoplanetas da NASA entrou finalmente em operação nesta quarta-feira (25/7). Lançado em 18/4, o satélite passou esse par de meses calibrando seus instrumentos e ajustando seu posicionamento para procurar planetas com características semelhantes às da Terra em áreas próximas na faixa de até 300 anos luz de distância. A TESS começará a enviar dados em agosto, com observações chegando à Terra a cada 13,5 dias depois disso. Assim como a Kepler, a TESS usa a técnica de procurar reduções no brilho de uma estrela causados pela passagem de um planeta a sua frente. Porém, enquanto a Kepler se debruça sobre uma pequena área do espaço, a TESS fará buscas por quase todo o céu, abrangendo as 200 mil estrelas mais brilhantes do firmamento. 


2  Os rovers (Minerva-II1) despachados pela sonda Hayabusa2 pousaram com sucesso na madrugada deste sábado (22/9, BRL) no asteroide Ryugu. Os Rover-1A e Rover-1B tiraram as primeiras fotos e realizaram o primeiro salto com sucesso, informou o gerente do projeto Hayabusa2, Yuichi Tsuda pelo Twitter. Os dois estão em boas condições e ao menos um deles está se movendo na superfície do asteroide. O Minerva-II1 é o primeiro rover do mundo a pousar na superfície de um asteroide. 

Alan Boyle (GeekWire):
Japan’s Hayabusa2 probe began the climactic phase of its mission overnight by sending out its first two rovers as it hovered less than 200 feet over an half-mile-wide asteroid, more than 180 million miles from Earth. Hayabusa2 dipped as low as 55 meters (180 feet) for the release, then retreated back from the asteroid.
Tetsuo Yoshimitsu (MInerva-II1): 
Although I was disappointed with the blurred image that first came from the rover, it was good to be able to capture this shot as it was recorded by the rover as the Hayabusa2 spacecraft is shown. Moreover, with the image taken during the hop on the asteroid surface, I was able to confirm the effectiveness of this movement mechanism on the small celestial body and see the result of many years of research.

EP #128 (3/7):
Após uma jornada de 3 anos e meio a sonda japonesa Hayabusa2 chegou ao seu destino, um asteroide de 800 metros de diâmetro atualmente a 200 milhões de quilômetros da Terra. Durante 18 meses a sonda irá estudar a pequena rocha, denominada Ryugu, a partir de sua órbita e na sua superfície. Três pequenos robôs serão despachados para coleta de material e posterior retorno à Terra. Vejam a animação auto-explicativa da incrível missão:



3  A primeira ideia de Yusako Maezawa era realizar a viagem à Lua a bordo de uma cápsula Dragon, mas o pequeno veículo da SpaceX só teria espaço para duas pessoas. O empresario japonês, no entanto, planeja levar alguns amigos artistas com ele. Para Elon Musk, a solução seria então levar Maezawa e seus amigos [algo como 12 pessoas] em um Big Falcon Spaceship (BFS) impulsionado pelo poderoso Big Falcon Rocket (BFR), ambos em desenvolvimento. Um BFS (imagem) poderia acomodar até 100 pessoas, disse Musk durante a  apresentação de Maezawa na última segunda-feira (17/9).


crédito: SpaceX
  


EP #183 (18/9):
Elon Musk apresentou nesta segunda-feira (17/9) Yusaku Maezawa como o primeiro turista da SpaceX numa viagem de circumnavegação da Lua e retorno para a Terra. O voo está previsto para 2023 numa nave espacial BFR ainda em desenvolvimento. Maezawa, 42, é um bilionário japonês empresário e colecionador de artes. O valor pago pelo "ticket" não foi divulgado. Em sua conta do Twitter (@yousuck2020) Maezawa escreveu: "I choose to go to the moon, with Artists".

Collect Space:
First introduced in 2016 as a solution for how to send humans to settle Mars, the BFR has undergone a series of design changes as SpaceX has sought to address the challenges associated with building a rocket capable of flying almost anywhere in the solar system.
The latest version, revealed on Monday, incorporates actuated flaps or wings to control the vehicle as it flies through a wide range of atmospheric densities and velocities. "The way it operates is more like a skydiver than an aircraft," said Musk. "Almost the entire time when it is reentering, it's just trying to brake. It is just trying to stop."
To date, SpaceX has completed the first cylinder section of the BFR prototype's main body and has test fired the Raptor engine that will power its launch. But there is a long way to go before a BFR will be ready to fly anyone to the moon and that work requires funding. 


4  A poucos dias da estreia da 11a temporada de Doctor Who, a BBC divulgou o segundo trailer oficial da série que vai ao ar no próximo domingo (7/10). 




EP #183 (18/9):
A BBC anuncia para 7 de outubro próximo a nova temporada de Doctor Who, estrelando Jodie Whittaker no papel do famoso doutor "senhor do tempo". "The Woman Who Fell To Earth" irá marcar o primeiro episódio de Doctor Who com o showrunner Chris Chibnall. Ainda sem horário definido o seriado será transmitido no Reino Unido e Estados Unidos na mesma data. Doctor Who é um dos programas da BBC de maior sucesso no mundo. No Reino Unido a série é considerada cult e seus fãs são chamados "Whovians". O seriado vai ao ar desde 1963 e se incorporou na cultura britânica através das gerações. 



São Paulo, 23 de setembro de 2018