Skip to main content

#212 - Ação rápida da USAF recoloca 80% dos F-35 em operação

Mais de 80% dos F-35 Lightining II (a.k.a Panther) dos EUA e de parceiros internacionais já foram postos a disposição para operar, após revisão e eventual substituição dos tubos de combustível que alimentam os motores daqueles caças.

Valerie Insinna (Defense News):
“The F-35 Joint Program Office continues to work closely with the military services to prioritize fuel tube replacements using the current spares inventory,” the JPO said.
“Pratt & Whitney is rapidly procuring more parts to minimize the overall repair timeline for the remaining jets. Current inventory will restore about half of the impacted jets to flight operations, and the remaining aircraft are expected to be cleared for flight over the coming weeks.”
The JPO called the fuel tube problem an “isolated incident” that would not impact F-35 deliveries.
A total of 91 F-35s are planned to be delivered to the U.S. military and foreign customers this year. 

crédito: Pratt & Whitney

EP #207 (12/10):
Por ordem do Pentágono todos os caças F-35 Lightning II dos EUA devem ser mantidos no solo até instruções em contrário. A decisão veio na sequência de um acidente ocorrido no último dia 28/9 próximo a base aérea de Beaufort, South Carolina, com um F-35B - versão VTOL utilizada pelo US Marine Corps.
Não houve mortes nem ferimentos em decorrência do acidente, com o piloto conseguindo se ejetar a tempo. Trata-se do primeiro acidente com um F-35 desde que começou a voar há 12 anos atrás.


São Paulo, 15 de outubro de 2018