Skip to main content

#267 - NASA confirma voo inaugural da Crew Dragon

O aguardado voo inaugural da nova espaçonave da SpaceX, homologada para levar astronautas ao espaço, foi agendado para o dia 7 de janeiro próximo, segundo anúncio oficial da NASA nesta quarta-feira (21/11). A missão de teste, chamada Demo-1 não levará astronautas a bordo.

A NASA tem um interesse especial nessa solução da SpaceX, um vez que o fim do contrato com a Roscosmos para voos tripulados se encerra no final de 2019. A NASA tem até o final de 2018 para confirmar o cancelamento das missões.

A Crew Dragon será levada ao espaço por um foguete Falcon 9, decolando do Launch Complex 39A no Kennedy Space Center na Flórida. A 39A é conhecida como a base de lançamento de onde partiram as famosas missões Apollo nos anos 60 e 70.

Crew Dragon docking, crédito: SpaceX

EP #197 (8/10):
A próxima etapa de testes com as cápsulas que irão transportar astronautas entre a Terra e a ISS foi postergada mais uma vez pela SpaceX e pela Boeing.
O teste não tripulado da Crew Dragon, conhecido como Demo-1, previsto para novembro, passa para janeiro/19.
O Demo-2, levando os astronautas da NASA R.Behnken e D. Hurley para a ISS, passa para junho/19. O não tripulado da CST-100 Starliner (Boeing) deve ocorrer não antes de março próximo.

EP #188 (25/9):
A Boeing e a SpaceX acreditam que as suas respectivas cápsulas, CST-100 e Crew Dragon já atendem aos requisitos da NASA e estão prontas para iniciar os voos de testes.
A principal questão enfrentada pelas empresas era atender uma especificação chamada "perda de tripulação" - uma medida de probabilidade de morte ou incapacitação de um ou mais pessoas nas naves durante uma missão - na proporção de 1 em 270 missões (significativamente mais severo do que o índice utilizado no projeto dos ônibus espaciais). 
Elon Musk, durante um evento da SpaceX em 17/9 último empurrou seu cronograma um mês a frente: 'We’re hoping to do a test flight of Dragon 2 in December, and then a crewed flight next year, hopefully in the second quarter of next year', segundo a SpaceNews.



São Paulo, 22 de novembro de 2018