Skip to main content

#283 - Explosão de meteoro que pode ter matado 65 mil pessoas é associada a evento bíblico de Sodoma

Uma equipe de arqueologistas encontrou evidências da explosão aérea de um objeto que teria devastado uma área de 500 km2 na região de Middle Ghor, uma planície circular de 25 km de diâmetro situada ao norte do Mar Morto. 

O local, Alto el-Hammam, estaria na região onde se situavam, de acordo com bíblia, a cidade de Sodoma. Sites cristãos por todo o mundo citam a descoberta dos arqueologistas Phillip Silvia e Steven Collins - da Trinity Southwest University,  Albuquerque, New Mexico - fazendo a mesma associação.

Stoyan Zaimov (Christian Post):
The Times of Israel pointed to other archaeological research, such as a 2013 Biblical Archaeology Review article by TeHEP co-director Dr. Steven Collins, revealing that the Tall el-Hammam site offers evidence it could have been the Biblical city of Sodom.
The fiery destruction of Sodom and Gomorrah is famously depicted in Genesis 19 of the Bible, which says that "God destroyed the cities of the plain," with "dense smoke rising from the land, like smoke from a furnace."
The Biblical account also mentioned that God overthrew "all those living in the cities" along with "the vegetation in the land.”

Se confirmadas as descobertas preliminares da equipe de Phillip Silvia, 65 mil pessoas teriam morrido instantaneamente quando o objeto, possivelmente um meteoro ou um cometa, explodiu no céu e aqueceu o ar a mais de 4.000 graus centígrados.

crédito: Milênio

A equipe de Silvia encontrou pedaços de cerâmica com idade de 3.700 anos que foram transformados em vidro e, em seu interior, cristais de zircônio que se formam quando o material é submetido a temperaturas de pelo menos 4 mil graus.

Segundo o relatório publicado pelos arqueologistas a explosão devastou todo o solo agriculturável de campos uma vez férteis naquela região.

O que tem deixado os bibliógrafos também entusiasmados com as descobertas, são as evidências de que a região leste de Ghor foi coberta por "uma salmoura superaquecida de sais de anidro do Mar Morto empurrada sobre a paisagem pelas ondas de choque frontal do evento".

Em outras palavras, a explosão também causou um tsunami no Mar Morto que cobriu as terras próximas. Ou ainda segundo Gênesis 19:24,25:

"Então o Senhor fez chover enxofre e fogo, do Senhor desde os céus, sobre Sodoma e Gomorra e destruiu aquelas cidades e toda aquela campina, e todos os moradores daquelas cidades, e o que nascia da terra".




São Paulo, 2 de dezembro de 2018