Skip to main content

#297 - Bombardeiros Tu-160 "Blackjack" em exercício na Venezuela: visitantes incômodos

Essa é a terceira visita dos Blackjacks à Venezuela nos últimos 10 anos. Na anterior, em outubro de 2013, dois Tu-160 decolaram da Base Aérea de Engels, na região de Volga, sudoeste da Rússia, pousando também no principal aeroporto de Caracas.

As alegações do Ministério da Defesa da Rússia à época, parecidas com as de agora, diziam que o voo estava "alinhado com os programas de treinamento de combate", segundo a antiga agência de notícias russa Ria Novosti.

Crédito: RIA Novosti

Durante o trajeto entre a Rússia e a Venezuela, os Blackjacs foram seguidos por dois F-16s da Noruega e depois por dois Eurofighter Typhoon FGA.4 da Royal Air Force (UK), estes armados com mísseis ar-ar MBDA Meteor. Os caças ingleses decolaram da Base Aérea de Brize Norton a noroeste de Londres.

O envio dos bombardeiros russos à Venezuela, que ocorre cinco dias após o encontro entre os presidentes dos dois países, é um sinal de que a Venezuela terá apoio internacional a seu sistema de defesa, "just in case".



São Paulo, 11 de dezembro de 2018