Skip to main content

#303 - Boeing e Embraer aprovam acordo incluindo o cargueiro KC-390

Boeing e Embraer anunciaram nesta segunda-feira (17/12) a aprovação do acordo para formação de uma joint venture que seria controlada pela gigante americana (80% do capital social) e com a participação 20% pertencente à Embraer.

A Embraer terá poder de decisão sobre “alguns” temas estratégicos, diz o comunicado. Dentre eles, a empresa brasileira poderia ter o poder decisório de uma eventual transferência das operações da joint venture para fora do Brasil.

O acordo, no valor de $5,3 bi USD vai agora para aprovação dos acionistas e do governo brasileiro.

KC-390. Crédito: Projetos Alternativos

A parceria, no entanto, não se restringiu ao setor de aeronaves comerciais. As duas empresas concordaram também em trabalhar juntas para promover e desenvolver novos mercados para o KC-390.

Reuters:
Pelos termos do acordo, Boeing e Embraer também acertaram criar uma segunda joint-venture para promover a venda do cargueiro KC-390, a maior aeronave já desenvolvida no Brasil.
Nesta joint-venture, a Embraer terá 51 por cento de participação e a Boeing o restante.

Valerie  Insinna (Defense News):
Brazilian aerospace firm Embraer and Boeing have officially formed a joint venture on Embraer’s KC-390 multimission aircraft as part of a larger partnership on the companies’ commercial sides.
Under the new agreement, Boeing and Embraer will work together to “promote and develop new markets” for the KC-390, according to a statement released early Monday.
Embraer will own a 51 percent stake in the KC-390 joint venture, with Boeing owning the rest.



São Paulo, 17 de dezembro de 2018