Pular para o conteúdo principal

#307 - INPE fecha contrato para lançamento do satélite Amazônia-1

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) anunciou o acordo nesta terça-feira (18/12). O projeto do satélite foi todo feito no Brasil incluindo design, integração, teste e operação. O Amazônia-1 será colocado em uma órbita de polo a polo numa altitude de 760 Km.

crédito: Spaceflight

O contrato, que inclui a logística de lançamento, foi fechado com a Spaceflight, uma empresa especializada nessa área com sede em Seattle, EUA. O Amazônia-1, com sua massa de 700 kg será levado ao espaço em 2020 no todo do foguete indiano Indian Polar Satellite Launch Vehicle (PSLV).

PSLV-C25. Crédito Planetary Society

INPE:
A Missão Amazonia irá fornecer dados (imagens) de sensoriamento remoto para observar e monitorar o desmatamento especialmente na região amazônica e, também, a diversificada agricultura em todo o território nacional com uma alta taxa de revisita, buscando atuar em sinergia com os programas ambientais existentes.
O lançamento do Amazonia-1 representa também a validação em voo da Plataforma Multimissão (PMM), que pode ser utilizada em diversas missões de satélites (meteorológicas, científicas e de sensoriamento remoto, entre outras).


São Paulo, 20 de dezembro de 2018