Skip to main content

Posts

Showing posts from 2019

#349 - Blue Origin faz novo lançamento perfeito levando ao espaço experimentos da NASA

O lançamento de #10 do foguete New Shepard foi realizado nesta quarta-feira (23/1), desta feita sob contrato da NASA. A missão durou 10 minutos e 15 segundos levando experimentos da Agência e pesquisas patrocinadas até uma altura suborbital de 107 km e retornando em seguida. O foguete voltou ao local da decolagem como esperado e a cápsula com os experimentos alguns minutos depois.



EP #242 (19/1):
A nova previsão de lançamento aponta para 9:00 hs (CT) de segunda-feira (21/1) no espaçoporto da Blue Origin em West Texas. O adiamento do teste #10 da New Shepard deveu-se a problemas na infraestrutura não especificados pela empresa. EP#084 (30/4): A Blue Origin realizou nestes domingo (29/4) o 8º voo de testes da sua cápsula espacial New Shepard, levando a bordo um boneco carinhosamente apelidado pelo pessoal da missão de "Mannequin Skywalker".   "Outra missão de teste espetacular. Tudo parece normal daqui", disse a narradora Ariane Cornell direto da base de lançamento da…

#348 - Caças furtivos podem ser criados a partir de metamateriais ? Sim, é possível

Lançando mão de tecnologias experimentais, a China já seria capaz de fazer velhos caças gerarem assinatura radar semelhante à das aeronaves stealth. A notícia deu no South China Morning Post (Hong Kong) já faz um tempo.

Os cientistas chineses estariam desenvolvendo um metamaterial programável que poderia alterar suas propriedades físicas em resposta a correntes elétricas, diz a publicação. Em teoria, um caça revestido do metamaterial poderia se transformar durante o voo para evitar a detecção dos radares.

Stephen Chen (SCMP):
The technology involves the use of a “metamaterial”, a fabricated layer comprising microscopic structures similar to integrated circuits. The metamaterial can alter the way radio waves bounce off its surface to create a ghost image or minimise echo on a radar, helping hide the aircraft in flight with greater efficiency. 
É claro que a China não é o único país trabalhando com essa tecnologia e as aplicações não se restringem a área militar. Metamateriais têm propri…

#347 - Rumo à Lua: Blue Origin mostra novo design do poderoso New Glenn de Jeff Bezos

A nova animação divulgada pela Blue Origin mostra o lançamento de uma versão modificada de seu poderoso foguete New Glenn, próprio para levar cargas à órbita da Terra e até missões à Lua.

As alterações visíveis se restringem à carenagem no topo do foguete que envolve a carga sendo transportada. Na nova versão, ela mede 7 metros de largura vs 5,4 metros do modelo anterior.


As seis patas do primeiro estágio utilizadas para pouso vão se desdobrar para fora [semelhante ao sistema utilizado pela SpaceX nos Falcon 9].


O New Glenn terá 95 metros de altura com capacidade de levar 50 toneladas até a órbita baixa da Terra (LEO).  Para efeito de comparação o Falcon Heavy da SpaceX mede 70 metros e leva 70 toneladas até a LEO.


O primeiro voo do New Glenn está previsto para 2021 e será usado na Moon Race patrocinada pela Blue Origin.

EP #195 (4/10):
The Moon Race é uma nova organização sem fins lucrativos apoiada pela Blue Origin, Airbus e outras mega empresas, visando criar uma competição cujo obj…

#346 - Nano-drones: FFAA da França escolhem FLIR Black Hornet para área de Defesa

A French Defense Procurement Agency (DGA) escolheu a FLIR Systems para apoiar o programa francês de Pocket Drones (DrOP). O contrato com valor de $89 mi USD requer o provimento de nano-UAVs modelo FLIR Black Hornet 3 para as forças armadas da França.


O Black Hornet 3 é o menor nano-Unmannned Aerial System (UAS) aprovado em combate e utilizado por mais de 30 países. O veículo mede 168 mm e pesa 33 gramas. Tem autonomia de 25 minutos, alcance de 2 quilômetros, velocidade de 21,49 km/h e suporta ventos de até 15 nós.

O produto foi desenvolvido para ser usado por militares, agências governamentais e socorristas. O Black Hornet 3 oferece vigilância de curto alcance, dia e noite, permitindo que o pessoal mantenha a consciência situacional, a detecção de ameaças e a vigilância.

FLIR:
The Black Hornet 3 transmits live video and still images back to their operators, allowing ground units to expand their visual range, especially in complex and urban environments. The Black Hornet 3 is nearly ina…

#345 - Austrália inicia operações com os primeiros F-35A

A Real Força Aérea Australiana anunciou que as duas primeiras aeronaves que chegaram ao país em dez/18 entram em operação essa semana (21-25/1).

No total, o governo da Austrália aprovou a aquisição de 72 F-35s, visando a formação de 3 esquadrões operacionais.


Nessa fase, serão feitas as verificações e validações necessárias para a declaração de Initial Operational Capability (IOC) no final de 2020. Até o final de 2019, a expectativa é ter recebido até 8 aeronaves F-35 e 33 até dezembro de 2020.

The Aviationist:
According to Lockheed Martin, Australian suppliers play a significant role in the F-35 program with more than 50 Australian companies contributing to the global program of record of more than 3,000 aircraft. To date, the F-35 program has secured more than 2,400 highly skilled jobs created and generated more than $1.3 billion AUD in contracts for Australian industry.
Air Force (gov.au):
The majority of the $1.5B invested to house and support the F-35A have been constructed at RAA…

#344 - Espionagem compromete venda de F-35 para Taiwan

A força aérea de Taiwan irá abandonar sua campanha de aquisição de caças F-35 Lightning e, em vez disso, retomará um pedido original para fornecimento de caças F-16 dos EUA. Washington teme os níveis crescentes de espionagem que campeiam pela ilha.


A encomenda envolve 66 caças F-16V Block 70 com 6 adicionais para substituir os F16A/B Block 20 (adquiridos na década de 1990), totalizando 72 aeronaves. Trata-se da renovação de um esforço iniciado durante o governo Obama, abandonado por pressão chinesa à época, pressão essa que envolvia até ameaças de invasão da ilha por parte de Pequim.


Wendell Minnick (National Interest):
The new campaign will also request co-production and performance-based logistics (PBL) as part of the overall package. PBL would improve combat effectiveness by 80 percent, say Taiwan defense industry sources. One source said PBL was a “critical part of the package…we must have it.”
EP #334 (16/1):
Em meio a crescentes tensões com Beijing, Washington ressalta preocupaçõ…

#343 - Armas hipersônicas: a corrida já começou

Estudo recente do governo dos EUA revela os crescente esforços por parte da Rússia e da China no sentido de produzir armas hipersônicas com capacidade de derrotar os sistemas antimísseis americanos e de seus aliados.


Tais armas não são apenas hiper-rápidas (Mach 5 e além), mas também são capazes de viajar a grande altitude e serem manobráveis. A expectativa é que elas se tornem operacionais nos próximos 10 anos.

Anúncios feitos pelo presidente Vladimir Putin em 2018, demonstram o progresso alcançado pela Rússia com o seu míssil Avangard.

O Avangard é lançado por um RS-28 Sarmat (ICBM) [aka Satã 2] de combustível líquido capaz de transportar de 10 a 15 ogivas termonucleares com poder de destruição estimado em 3 megatons cada. Possui peso total de 100 ton. com capacidade de carga entre 4-10 ton. e velocidade de voo de 25.200 km/h (Wikipedia).

EP #311 (27/12):
Testes recentes do míssil estratégico Avangard (a.k.a Objekt 4202) comprovam o progresso das armas hipersônicas desenvolvidas pela…

#342 - Blue Origin: veículo suborbital pronto para lançamento após problemas

A nova previsão de lançamento aponta para 9:00 hs (CT) de segunda-feira (21/1) no espaçoporto da Blue Origin em West Texas. O adiamento do teste #10 da New Shepard deveu-se a problemas na infraestrutura não especificados pela empresa.


Especulações, no entanto, dão conta de problemas com o sistema de alimentação de oxigênio e hidrogênio líquido do booster, ou com o sistema de rastreamento do voo.

The next launch attempt for #NewShepard#NS10 mission will be Jan 21. We’ve fixed our ground infrastructure issue and both the vehicle and weather look good. Stay tuned for launch timing. Live webcast will be on https://t.co/WAB1Oy2KuL#GradatimFerociterhttps://t.co/6pusPUJd8vpic.twitter.com/dSTGebImjr — Blue Origin (@blueorigin) 18 de janeiro de 2019

EP#084 (30/4):
A Blue Origin realizou nestes domingo (29/4) o 8º voo de testes da sua cápsula espacial New Shepard, levando a bordo um boneco carinhosamente apelidado pelo pessoal da missão de "Mannequin Skywalker". "Outra missão de …

#341 - Governo de Singapura quer substituir sua frota de F-16 com novos F-35 Lightining

O ministro da Defesa de Singapura, Ng Eng Hen, anunciou nesta sexta-feira (18/1) ter identificado os F-35 Lightining II da Lockheed Martin como os caças mais adequados para substituir a frota de F-16s do país.

O escolha vem na sequência de uma avaliação técnica conduzida em conjunto com a Defence Science and Technology Agency. O estudo concluiu que a Royal Singapore Air Force (RSAF) deve adquirir um pequeno lote [numa quantidade ainda não determinada] de F-35 JSFs, visando uma avaliação mais completa de suas capacidades e adequação, antes de decidir pela substituição completa da frota.


Singapura tem sido um parceiro cooperativo de segurança no programa dos F-35 desde 2003, tendo declarado interesse naqueles caças em 2013. Acredita-se que o país tem um requisito de 40-60 aeronaves ou o suficiente para montar dois ou três esquadrões.

Os próximos passos incluem discutir com as partes envolvidas nos EUA antes de confirmar a decisão de aquisição, disse o ministro, com a expectativa de fina…

#340 - Japão terá embarcação para operar seus novos F-35B. Governo aprova reforma de porta-helicópteros

O governo do primeiro-ministro Shinzo Abe aprovou nesta sexta-feira (18/1) o plano de conversão de dois porta-helicópteros da classe Izumo para torná-los capazes de abrigar aeronaves tipo F-35B. As primeiras 18 unidades que realizam operações VTOL (Vertical Takeoff and Landing), têm previsão de entrega para 2023.

Nesse meio tempo, as duas embarcações serão recondicionadas para acomodar os novos caças. No mínimo, os conveses de voo precisarão de um revestimento resistente ao calor para protegê-los dos gases de escape durante os pousos e as decolagens verticais daqueles caças.

Considerando as experiências de outros países, os dois Izumos modificados poderão embarcar uma dúzia ou mais de F35Bs além de helicópteros de apoio.


David Axe (National Interest):
At present, Izumo and her sister ship Kaga normally embark just nine aircraft -- a mix of H-60 anti-submarine and rescue helicopters and MCH-101 minesweeping helicopters. But the 814-feet-long ships, each displacing around 27,000 tons of…

#339 - Caças russos Su-34 colidem em voo. Pilotos foram resgatados no Mar do Japão (update: 20/1)

Dois caças-bombardeiros Su-34 colidiram durante o voo na região leste da Rússia às 3:07 hs de hoje (horário de Brasilia), segundo fontes oficiais do país. A tripulação das aeronaves ejetou sobre o Mar do Japão a 35 quilômetros da costa.

As duas aeronaves faziam manobras durante um treinamento quanto o contato entre os dois Su-34 ocorreu. Ambas realizavam voos sem munição, segundo declaração do ministro da Defesa russo. Outros vôos com Sukhoi Su-34 foram suspensos na Rússia.


Um An-12 e dois helicópteros Mi-8 das forças russas foram destacados para a missão. Navios da Frota do Pacífico da Marinha e duas embarcações civis se dirigiram para o local do acidente.

A vestimenta especial utilizada pelos pilotos lhes permite ficar sobre o bote por até 12 horas sob condições de baixa temperatura.


* alterado com nova informação da força Aeroespacial da Rússia (VKS), dando conta de que as duas tripulações (4 pilotos) ejetaram após o acidente. Três pilotos foram encontrados mas apenas um deles com …

#338 - Bulgária negocia F-16 com USA. Suécia, em standby, ainda confia ter a melhor opção

Suecos da SAAB, fabricante dos caças Gripen, acreditam ter a melhor opção para a Bulgária e para a força aérea de seu país, dizendo que os seus caças são as mais avançadas aeronaves de combate, já tendo provado suas capacidades por diversas vezes durante as missões conjuntas da OTAN.

EP #326 (10/1):
O governo da Bulgária iniciou conversações com os EUA acerca da compra de 8 caças F-16 Block 70 da Lockheed Martin, com vistas a substituir os antigos MIG-29 adquiridos da antiga União Soviética. A aquisição dos novos caças, estimada em $1 bi USD, seria a maior compra militar da Bulgária desde a queda do regime comunista em 1989.
Joakim Vallin:* (Bulgarian Military):
We respect the decision of the Bulgarian Parliament on the process of acquiring a new type of combat aircraft, but we are convinced that the Swedish offer brings more advantages to Bulgaria. Gripen is manufactured in Europe, fully compatible with NATO standards and it has low costs throughout its lifespan. Moreover, Sweden off…

#337 - F-16 da força aérea holandesa já opera com mistura de biocombustível

A Real Força Aérea da Holanda (RNLAF) começou a usar uma mistura de 5% de um biocombustível sustentável produzido para a aviação (SAF) fornecido pelas empresas SkyNRG e Shell Aviation.

O sucesso dos testes realizados em meados de 2018 levou o Ministério da Defesa holandês a tomar a decisão, numa aposta para reduzir o impacto ambiental criado pela aviação militar. O biocombustível proporciona reduções na emissão de CO2 da ordem de 60%-80%.


Colonel Paul de Witte, RNLAF (Advanced Biofuels USA):
The transition to sustainable aviation is of key importance for the Royal Netherlands Air Force. In 2010 we performed the first demonstration flight with an Apache helicopter on biofuel. We now want to work towards structurally operating all our aircraft on SAF from all our locations. The current flights on SAF from Leeuwarden Airbase are an important step in this.
O SAF utilizado pelos F-16 Fighting Falcon é produzido pela World Energy em sua planta na região de Paramount, Califórnia, e é derivad…

#336 - Com a Boeing, KC-390 ganha força para competir com o Hercules C-130

A Joint venture com a Boeing dará a Embraer acesso a mercados onde os EUA tem enorme influência geopolítica e nos quais competimos com o Hercules C-130 da Lockheed Martin, disse Nelson Salgado, executivo financeiro da empresa brasileira.


Assim como o C-130, a aeronave da Embraer também é especializada em transporte de carga, tropas, reabastecimento aéreo, busca e resgate, e combate a incêndios florestais.


Com o Hercules C-130, a Lockheed Martin detém a maior parte do mercado global de transporte militar, correspondendo a 21% em 2018 com 878 aeronaves ativas, de acordo com o Flight Fleets Analyzer.

A nova empresa, focada em vendas e marketing de aeronaves de defesa, irá alavancar a redução de custos de peças e componentes utilizados pelo KC-390, aumentando a sua competitividade no mercado internacional.

Garret Reim (Flight Global), citando o executivo da Embraer:
The markets where the US has a huge geopolitical influence, we compete with Lockheed Martin in those markets. Now with the pa…

#335 - Embraer: incidente do KC-390 afeta margem operacional de 2018

A Embraer perdeu as metas de receita e margem operacional de 2018, em parte devido ao atraso na entrega de aeronaves KC-390, consequência do incidente com um protótipo durante os testes de certificação.

A fabricante esperava registrar uma receita líquida de $5,1 bi USD em seus quatro segmentos de negócios, abaixo do intervalo previsto entre $5.4 bi USD e $5.9 bi USD anteriormente estabelecido. O lucro operacional, em torno dos $200 bi USD, também está fora da faixa prevista entre $270 mi USD e $355 mi USD.


EP #150 (2/8):
A Força Aérea Brasileria (FAB) deve receber até o final de 2018 o primeiro KC-390 encomendado à Embraer. A entrada em serviço do aparelho, no entanto, foi postergada para o início de 2019. O adiamento se deve ao incidente ocorrido em maio último envolvendo o protótipo 001 durante testes realizados em solo na fábrica de Gavião Peixoto em São Paulo. A certificação de capacidade operacional da aeronave pela Anac está prevista para este segundo semestre de 2018. Os execu…

#334 - Pentágono alerta para risco de ataque chinês a Taiwan

Em meio a crescentes tensões com Beijing, Washington ressalta preocupações acerca do crescimento do poder militar chinês e de um eventual ataque contra Taiwan. Tais preocupações estão refletidas em uma nova avaliação divulgada nesta terça-feira (15/1) pelo Defense Intelligence Agency dos EUA.

Tara Copp (Military Times):
The new assessment concluded that the sheer numbers of advanced ships, forces, aircraft, satellites and missiles China has fielded over last 15 years has increased the risk it will engage in a regional conflict. However, it's likelier that conflict would arise with Taiwan, not Japan. 
À medida que a China atualiza seus equipamentos militares e a sua tecnologia, e desenvolve novos métodos de treinamento de suas tropas, os chineses se tornam mais confiantes em sua capacidade de travar um conflito regional, disse uma alta autoridade de inteligência dos EUA em uma conferência de imprensa.

E os líderes de Pequim deixam claro que reafirmar a soberania sobre Taiwan é a sua…

#333 - Dassault ganha contrato para aplicar norma F4 aos caças Rafale

O governo francês anunciou ter contratado a Dasault para começar o desenvolvimento da norma F4 para o caça Rafale, com validação prevista para 2024 e algumas funções disponíveis já em 2022.

As atualizações incluem a integração do míssil ar-ar Mica NG produzido pela MBDA  - joint venture resultado da fusão da divisão de mísseis da Airbus, Leonardo e BAE Systems em dez/2001 - além do míssil ar-terra AASM da Safran.


A norma F4 estabelece também melhorias nos sensores, radar, conectividade [esta visando combate em rede] e no Helmet Mounted Display System (HMDS).

Duncan Macrae (Air&Cosmos):
Dassault says that Rafale through-life support will become more “top-down”, under the authority of the aircraft manufacturer. F4 will include a new Prognosis and Diagnostic Aid System introducing predictive maintenance capabilities. Other maintenance optimisation features are scheduled, including solutions based on Big Data and artificial intelligence. Lastly, the Rafale will be equipped with a new e…

#332 - Caças de 6a geração da US Navy podem ser uma variante dos F/A-18

O programa da marinha dos EUA, que desenvolve a próxima geração de caças de domínio aéreo, ultrapassou a fase puramente conceitual e entrou na fase de exploração de protótipos de sistemas e células. A US Navy quer dispor de caças de 6a geração em operação a partir de 2030.

Uma análise formal de alternativas é esperada em 2019 considerando determinar as vantagens de:
(a) alavancar no curto prazo as tecnologias existentes como novas variantes; (b) fazer upgrades utilizando tecnologias de ponta em armas, sensores e configurações furtivas; (c) aguardar um tempo e então dar um salto utilizando sistemas que ainda irão emergir.
Kris Osborn (Defense Maven) citando Lt. Lauren Chatmas
Some important areas of consideration include derivative and developmental air vehicle designs, advanced engines, propulsion, weapons, mission systems, electronic warfare and other emerging technologies.
Segundo o especialista, algumas tecnologias furtivas de última geração atualmente em desenvolvimento - incluindo …

#331 - Buracos negros: cientistas próximos da imagem mais significativa dos últimos 50 anos

O maior objeto em nosso céu noturno é invisível para nós. Trata-se de um "buraco negro super-massivo" (SMBH) posicionado no centro da Via Láctea, chamado Sagitário A*.

Há décadas os astrônomos são capazes de inferir a existência dos buracos negros por conta do efeito que causam na matéria que ousa deles se aproximar.

Agora, um time de astrônomos está em fase final de revisão de dados colhidos em 2017 que podem produzir a primeira imagem direta da silhueta de um buraco negro.

Hannah Devlin (The Guardian):
The observations, by the Event Horizon Telescope (EHT), are expected to be unveiled in the spring (North) in one of the most eagerly awaited scientific announcements of 2019. Now, a senior scientist on the project has said “spectacular” data was gathered during observations of two black holes, including Sagittarius A* at the centre of our own galaxy.
EP #217 (17/10):
...a imagem que os cientistas estão empenhados em criar é da matéria superaquecida caindo em direção ao burac…

#330 - Negócio com a Boeing tornará aviões da Embraer mais baratos

Empresas aéreas nacionais têm motivos para comemorar o avanço das negociações anunciado essa semana pelos players envolvidos. A venda da área de jatos comerciais da Embraer para a Boeing, resultará em aeronaves mais baratas para efeito de aquisição e manutenção.

Joana Cunha (Folha): citando o presidente da Azul, John Rodgerson:
Se você tem cem aeronaves por ano ou 50 por mês para negociar com o fornecedor de peças, é muito diferente. Quando se unem Boeing e Embraer, dá um volume muito maior. Por isso estamos animados, isso vai ajudar a reduzir custos. As aeronaves devem ficar mais baratas.
O Conselho de Administração da Embraer ratificou nessa sexta-feira (11/1) a aprovação prévia dos termos da parceria, na sequência da autorização dada pelo governo brasileiro.

Reunião com representantes do Ministérios da Defesa, Ciência e Tecnologia, Rel. Ext. e Economia sobre as tratativas entre Embraer (privatizada em 1994) e Boeing. Ficou claro que a soberania e os interesses da Nação estão preserv…

#329 - Yutu 2: rover lunar é reativado e manda novas imagens do lado oculto

Voltando de um curto período de standby, quando as temperaturas atingiram a marca dos 100 graus Celcius no interior da cratera Von Kármán, o rover Yutu 2 envia mais fotos da superfície lunar incluindo o seguinte close de seu pousador.


A composição panorâmica abaixo mostra os arredores da cratera e o rover Yutu 2 posicionado a alguns metros do lander (parte inferior da imagens à esquerda).


Rover chines #yutu2 entra em standby para se proteger das altas temperaturas (~200 graus Celsius) da superfície da Lua. Deve retornar às atividades na quinta-feira (10/1) quando as temperaturas estiverem mais amenas. A próx atividade será tirar algumas fotos do lander #ChangE4https://t.co/eU4RmoaJkP — Ex Post 🇧🇷 (@ExPostCo) 8 de janeiro de 2019
EP#317 (3/1):
O feito histórico da Chang'e-4 foi confirmado pela agência espacial chinesa nesta quarta-feira (2/2). A sonda leva a bordo um rover (Yutu 2) com diversos equipamentos de análise, câmeras e uma pequena biosfera com experimentos criados por…

#328 - Após alcançar Ultima Thule cientistas projetam sonda interestelar

O asteroide Ultima Thule não foi o bastante para cientistas e engenheiros mais ousados que almejam um dia alcançar as estrelas. Algo impraticável com a tecnologia atual, até mesmo quando se pensa em Proxima Centauri, uma anã vermelha na constelação do Centauro, que se encontra a "apenas" 4,2 anos-luz da Terra.

Cientistas do Joh Hopkins Applied Physics Laboratory (APL) em Laurel, Maryland, estão liderando um esforço internacional em torno da ideia de realizar uma missão no espaço além da esfera de influência do Sol - algo como 145 bilhões de km de distância da nossa estrela.


Em seu artigo recém publicado "Near-Term Interstellar Probe: First Step", Ralph MC Nutt lembra que os temas ligados a viagens interestelares, sondas interestelares e uma missão "precursora" não são novos, apenas carecem de tração junto aos legisladores e à comunidade científica como um todo, por conta do estado do conhecimento científico e das realidades da engenharia com os quais nos …

#327 - Brexit afeta futuro projeto de caça furtivo europeu

Já não é sem tempo que os países da União Européia precisam definir o seu projeto de um caça furtivo, idealmente de sexta geração. Até agora, apenas os americanos com os seus F-22 e F-35, e os chineses com o J-20 estão com os seus caças stealth (de 5a geração) no ar.

Do lado europeu, estão em curso duas propostas a saber: a franco-germânica Future Combat Air System (FCAS) - basicamente um caça de 6a geração com "loyal wingmen" de acompanhamento e outra, similar, do Reino Unido, denominada programa Tempest, divulgada em julho de 2018.


O Reino Unido mantém ainda uma parceria com a empresa italiana Leonardo, visando o desenvolvimento dos sensores e da aviônica referentes ao Tempest.

A Espanha também se mostra interessada na iniciativa, embora esteja convencida de que as duas propostas irão se fundir, dado o enorme investimento requerido para o seu desenvolvimento, segundo declaração do ministro da Defesa espanhol no início de dezembro último (2018).

Joseph Trevithick (The Drive)…

#326 - Bulgária e EUA prontos para discutir negócio de $1 bi USD envolvendo caças F-16

O governo da Bulgária iniciou conversações com os EUA acerca da compra de 8 caças F-16 Block 70 da Lockheed Martin, com vistas a substituir os antigos MIG-29 adquiridos da antiga União Soviética. A aquisição dos novos caças, estimada em $1 bi USD, seria a maior compra militar da Bulgária desde a queda do regime comunista em 1989.


EUA e Suécia emergem como os principais contendores para venda de caças multi-propósito de 4a geração para a Bulgária, embora o establishment de Sofia esteja inclinado a adquirir as aeronaves da Lockheed Martin. A Itália também participa da licitação com a oferta de Eurofighters Typhoon Tranch 1 de segunda mão.

Angel Krasimirov (Reuters):
The question of which warplanes to buy has been vexing successive governments in Bulgaria for more than a decade. Borissov’s government re-launched the tender in July, after a parliament commission ruled that a previous process which favored the Gripen jets, should be reviewed.
A inclinação para o lado dos EUA estimulou deba…

#325 - NASA realiza testes de propulsão com o Módulo de Serviço da Orion

Empresas envolvidas com o desenvolvimento do ESA Service Module (ESM), realizaram em dezembro último os testes de propulsão do veículo que levará os primeiros astronautas do programa espacial americano para além da órbita da Terra desde 1972.

🔥 Successful OMS-Engine test for the European Service Module at NASA test facility in White Sands.
Propulsion subsystem of @NASA_Orion must first be tested and qualified on Earth before being used in space.
Congrats to the combined team of ESA, NASA, Lockheed Martin & Airbus. pic.twitter.com/Yqvu4hGscU — Airbus Space (@AirbusSpace) 17 de dezembro de 2018
EP #246 (5/11):
O módulo de comando (Crew Module) e o módulo de serviço (ESA Service Module), a.k.a. ESM, são basicamente uma réplica das velhas cápsulas Apollo atreladas a um módulo de serviço que eram enviadas ao espaço nas décadas de 60 e 70.  Um "pouco" mais moderno, o Módulo de Serviço da Orion - agora fabricado na Europa pela Airbus, foi entregue à NASA na semana passada. Es…

#324 - Ryugu: procura por local de pouso em asteroide está com os dias contados

Há meses a agência espacial japonesa, JAXA, procura um local seguro para pousar e recolher amostras do asteroide Ryugu. Entre setembro e outubro/18, a JAXA realizou três ensaios em potenciais sites de pouso. Uma aproximação segura, requer locais com rochas que não ultrapassem os 50-70 centímetros de altura. 
Jiji (Japan Times): During the rehearsals, the agency succeeded in lowering Hayabusa2 to a point 12 meters above Ryugu’s surface through the use of laser sensors that allowed to the craft to autonomously control its positioning. “We’ve got to the point where the only thing left for us to do is make a landing, so we’re fully prepared in terms of technique,” said Yuichi Tsuda, Hayabusa2’s project manager.

Um vez determinado o local de pouso, a sonda Hayabusa2 irá utilizar um instrumento cilíndrico de 1 metro de comprimento para realizar a coleta. Vejam no seguinte vídeo (a partir de 5:10 min) a simulação desse procedimento.  


EP #208 (13/10):
Após o bem sucedido envio de dois rovers…

#323 - Boeing/Embraer: governo não está pensando em interromper negociação

O governo está estudando os termos do acordo fechado entre as duas empresas, disse o ministro do GSI, general Augusto Heleno. Queremos um acordo que seja "o melhor possível para o país", completou. 
A declaração do ministro Heleno vem na sequência da polêmica declaração do PR Jair Bolsonaro questionando a opção da Embraer de vender a sua participação (20%) na nova empresa após 5 anos da concretização do negócio. 

EP #329 (4/1):
Negociação entre Boeing e Embraer poderia afetar interesses do governo brasileiro - A questão foi levantada pelo presidente Jair Bolsonaro numa entrevista à imprensa na saída da Base Aérea de Brasilia nesta sexta-feira (4/1), após a posse do novo comandante da Aeronáutica o tenente-brigadeiro Antonio Carlos Moretti Bermudez. "A Embraer eu tenho acompanhado, nós não podemos... Logicamente, nós precisamos, seria muito bom essa fusão, mas não podemos... Como está na última proposta, daqui a cinco anos tudo pode ser repassado para o outro lado. A pre…

#322 - China e Japão planejam ter elevadores espaciais até 2050. Os testes já começaram

Se a construção de um elevador espacial se mostrar viável, a expectativa é que o custo de enviar coisas à órbita da Terra caia para algo como $50 USD por quilo, ou menos de 1% do que é cobrado atualmente pelas empresas de transporte espacial.

Os desafios, no entanto, são imensos. Diversos obstáculos precisam ser superados, incluindo o desenvolvimento de cabos capazes de suportar as imensas forças que atuarão sobre eles ao longo 62 mil milhas, desde a superfície [na linha do Equador] até o contrapeso no espaço.


Os testes experimentais, no entanto, já começaram. 

Pesquisadores da Universidade de Shizuoka, Japão, devem conduzir o primeiro deles a partir da ISS no escopo do Projeto Space Tethered Autonomous Robotic Satellite (STARS).

Estão sendo utilizados dois pequenos satélites [cubesats] ligados por um cabo de aço para realizar a simulação em escala. O experimento (ilustração abaixo) foi enviado ao espaço pela Japan Aerospace Exploration Agency em 22 de setembro próximo passado.



Zoey C…

#321 - Opportunity ainda sem sinais de vida. Até quando esperar?

Já se foram sete meses desde o último contato do pequeno* rover  da NASA que circula pelos vales marcianos desde janeiro de 2004. A comunicação entre o Opportunity e a Terra deveria ter sido retomada quando o sol voltou a brilhar na superfície de Marte, finda a maior tempestade de poeira registrada no planeta há décadas.

A equipe do projeto se mantém confiante de que o atual período marcado por ventanias [entre novembro e janeiro] possa limpar a poeira acumulada nos painéis solares como já aconteceu em anos anteriores.


*1,6 x 2,3 x 1,5m (C x L x A)

EP #169 (29/8):
"Simplesmente não sabemos o que vai acontecer", disse Steve Squyres, um dos investigadores envolvidos no projeto, à publicação Space. Só existe um modo de descobrir e é esperar o aparelho emitir algum sinal, completou. O último contato ocorreu em 10 de junho último quando o pequeno veículo foi forçado a uma espécie de hibernação devido a uma enorme tempestade na região da cratera Endeavour onde o Opportunity se enc…