Pular para o conteúdo principal

#334 - Pentágono alerta para risco de ataque chinês a Taiwan

Em meio a crescentes tensões com Beijing, Washington ressalta preocupações acerca do crescimento do poder militar chinês e de um eventual ataque contra Taiwan. Tais preocupações estão refletidas em uma nova avaliação divulgada nesta terça-feira (15/1) pelo Defense Intelligence Agency dos EUA.

Tara Copp (Military Times):
The new assessment concluded that the sheer numbers of advanced ships, forces, aircraft, satellites and missiles China has fielded over last 15 years has increased the risk it will engage in a regional conflict. However, it's likelier that conflict would arise with Taiwan, not Japan. 

À medida que a China atualiza seus equipamentos militares e a sua tecnologia, e desenvolve novos métodos de treinamento de suas tropas, os chineses se tornam mais confiantes em sua capacidade de travar um conflito regional, disse uma alta autoridade de inteligência dos EUA em uma conferência de imprensa.

E os líderes de Pequim deixam claro que reafirmar a soberania sobre Taiwan é a sua principal prioridade.

Há pouco mais de três semanas dois bombardeiros das forças armadas chinesas (PLA) apareceram nos radares de Taiwan voando para fora da zona de defesa aérea a nordeste da ilha. As invasões de espaço aéreo, no entanto, não são recentes.

PLA's H-6 bomber Crédito: Business Insider

Asia Times:
In the first half of the year, Taiwan confirmed at least six breaches of its airspace and defense identification zones by the Chinese military.
Observers point out that recent missions targeting Taiwan and beyond have all involved H-6 bombers. The H-6 is reportedly capable of reaching Guam, and its use in these missions may be indicative of People's Libertation Army (PLA) plans to deny the US access to the region.




São Paulo, 16 de janeiro de 2019


Assine o Feed        Apoie o Ex Post no Apoia.se