Pular para o conteúdo principal

#348 - Caças furtivos podem ser criados a partir de metamateriais ? Sim, é possível

Lançando mão de tecnologias experimentais, a China já seria capaz de fazer velhos caças gerarem assinatura radar semelhante à das aeronaves stealth. A notícia deu no South China Morning Post (Hong Kong) já faz um tempo.

Os cientistas chineses estariam desenvolvendo um metamaterial programável que poderia alterar suas propriedades físicas em resposta a correntes elétricas, diz a publicação. Em teoria, um caça revestido do metamaterial poderia se transformar durante o voo para evitar a detecção dos radares.

Stephen Chen (SCMP):
The technology involves the use of a “metamaterial”, a fabricated layer comprising microscopic structures similar to integrated circuits.
The metamaterial can alter the way radio waves bounce off its surface to create a ghost image or minimise echo on a radar, helping hide the aircraft in flight with greater efficiency. 

É claro que a China não é o único país trabalhando com essa tecnologia e as aplicações não se restringem a área militar. Metamateriais têm propriedades que não são normalmente encontradas na natureza, por exemplo, a habilidade de controlar as ondas magnéticas.

Crédito: Metamateriel Technology Inc.

Josh Jacobs (FT):
Now, the same technology is starting to be used in a number of commercial products. Because certain metamaterials can control electromagnetic waves, they can also be used to improve the performance of satellite antennas and sensors.
Não está claro, no entanto, qual a capacidade desses metamateriais de esconder as diferentes características existentes em um caça que os tornam visíveis aos radares e sensores do inimigo.  

For instance, if the older planes are still using inferior engines, could metamaterial still conceal their heat signature? Han Yiping, the director of applied physics at Xidian University, doubts it, telling the SCMP that you would have to sacrifice performance to achieve sufficient reliability.



São Paulo, 23 de janeiro de 2019

Assine o Feed        Apoie o Ex Post no Apoia.se