Pular para o conteúdo principal

#368 - SpaceX revela teste com motor a metano da Starship

O disparo do motor Raptor em escala real apareceu pela primeira vez no Twitter de Elon Musk nesta segunda-feira (4/2). Em tuítes anteriores, Musk disse estar trabalhando numa versão do Raptor com 440.000 libras de empuxo. Sete deles serão utilizados na Starship e 31 irão compor o foguete lançador Super Heavy. 


A versão inicial do Raptor será capaz de levar a Starship no voo de circunavegação da Lua em meados dos anos 2020 [a viagem contratada pelo bilionário japonês Yusaku Maezawa]:

EP #187 (23/9):
A primeira ideia de Yusako Maezawa era realizar a viagem à Lua a bordo de uma cápsula Dragon, mas o pequeno veículo da SpaceX só teria espaço para duas pessoas. O empresario japonês planeja, no entanto, levar alguns amigos artistas com ele.
Para Elon Musk, a solução seria então transportar Maezawa e seus amigos [algo como 12 pessoas] em um Big Falcon Spaceship (BFS) impulsionado pelo poderoso Big Falcon Rocket (BFR), ambos em desenvolvimento. Um BFS poderia acomodar até 100 pessoas, disse Musk durante a  apresentação de Maezawa na última segunda-feira (17/9).

Crédito: SpaceX

* BFS foi posteriormente renomeado para Starship


O Raptor é comparável ao Blue Engine 4 (BE-4) da Blue Origin que produz 550.000 libras de empuxo ao nível do mar. O BE-4 foi inicialmente planejado para o foguete New Glenn, porém, em 2014 foi escolhido para impulsionar o foguete Vulcan da United Launch Alliance (ULA), o sucessor do Atlas V.


Fotos de testes realizados com versões menores do Raptor já haviam sido mostrados em 2016.






São Paulo, 4 de fevereiro de 2019

Assine o Feed        Apoie o Ex Post no Apoia.se