Pular para o conteúdo principal

#382 - F-21 oferecido à India pela Lockheed não é só um upgrade dos F-16

A oferta dos EUA vem como resposta a um pedido de informação (RFI) da índia que almeja construir 115 novos caças em substituição aos velhos MiGs da Rússia. O F-21 é de fato um novo caça, ainda que no visual se pareça com um F-16 projeto do qual é derivado.

A publicação National Interest faz nesta quinta-feira (21/2) uma longa reflexão acerca da decisão da Lockheed Martin pela quebra da tradicional sequência de letras [e.g. /A, /B] utilizada na designação de variantes dessas aeronaves.

Dave Axe (National Interest):
In fact, the F-21 is an F-16 that Lockheed has upgraded with new cockpit displays, conformal fuel tanks, a larger airframe spine that can accommodate additional electronics, fittings for towed radar decoys, a new infrared sensor and a refueling probe that's compatible with India's Russian-made aerial tankers.
"The F-21 has common components and learning from Lockheed Martin’s fifth-generation F-22 and F-35 and will share a common supply chain on a variety of components," Lockheed stated on its website on the morning of Feb. 20, 2019.
Lockheed Martin F-21. Crédito: National Interest

Axe demonstra com o F-18 o caso inverso no qual o fabricante preferiu manter a sequência de variantes na denominação do seu sucessor, embora ele tenha se tornado, na verdade, um outro caça. Estima-se que o F/A-18 Super Hornet utilize menos que 20% dos componentes originais do F/A-18 Hornet, seu antecessor.
The Navy called the new plane the "F/A-18E/F." But in every way that mattered, it was a new fighter with different capabilities than the original F/A-18 possessed.
O aspecto negativo de manter as designações antigas é criar a falsa impressão de que os EUA produziram poucos novos caças aos longo das últimas décadas.

A variante F-15X que a Boeing está oferecendo para a USAF é outro exemplo, além dos F/A-18E/F que não têm mais quase nada em comum com os antigos F/A-18/A/B dos anos 1980.


São Paulo, 21 de fevereiro de 2019

Assine o Feed        Apoie o Ex Post no Apoia.se