Pular para o conteúdo principal

Gripen: SAAB mantém planos para entrega dos caças à FAB a partir de 2021

Em meio ao segundo estágio de produção, os primeiros 8 caças brasileiros estão sendo montados na fábrica de Linköping, Suécia, com a participação de engenheiros e técnicos brasileiros.

Aviônicos, radar, motor, unidade de energia auxiliar (APU), canards, canopy e para-brisa, um a um os equipamentos são incorporados à fuselagem dos caças, informou o porta-voz da fabricante, SAAB. O primeiro dos 36 Gripen E/F comprados pelo Brasil deve ficar pronto ainda no primeiro semestre de 2019.

Na etapa seguinte, serão feitos os procedimentos para verificação de aeronavegabilidade ao longo dos ensaios de voo no Brasil, previsto para começar em 2020, segundo a FAB.

Gripen E. Crédito: Cision News

FAB (Ten. J. Jayme):
Produção - O cronograma de entrega dos caças inicia-se a partir de 2021. O primeiro voo da aeronave brasileira (Flight Test Instrumentation) está previsto para ocorrer ainda em 2019.
Parte das 36 aeronaves Gripen brasileiras, que na FAB serão denominadas de F-39 E/F, será fabricada totalmente na Europa, por funcionários da empresa SAAB.
Outras terão a fabricação iniciada na Suécia e terminada no Brasil, com a participação de técnicos e engenheiros brasileiros.
Essa integração faz parte da transferência de tecnologia prevista em contrato e tem por objetivo angariar conhecimentos práticos necessários para a execução dessas mesmas atividades no Brasil.


São Paulo, 28 de março de 2019

Assine o Feed        Apoie o Ex Post no Apoia.se

Ex Post #427

Twitter: @ExPostCo
MeWe: Aeronáutica & Espaço