Pular para o conteúdo principal

Defesa dos EUA alega desconhecer investigação de caças F-16 do Paquistão

Segundo a publicação indiana Hindustan Times deste sábado (6/4) o Departamento de Defesa (DoD) dos EUA diz não ter conhecimento de qualquer investigação realizada para determinar se o Paquistão perdeu um F-16 durante um dogfight com caças indianos no último dia 27/2.

A informação contraria, no entanto, o que disse a publicação norte-americana Foreign Police na quinta-feira (4/4).

Para a Foreign Police, representantes da Defesa dos EUA realizaram uma contagem física dos caças F-16 a convite do governo do Paquistão e os encontraram todos intactos.

F-16 do Paquistão. Crédito: Broadsword

Yashwant Raj (Hindustan Times):
The state department distanced itself from the news report saying in response to a direct request to confirm or deny it, “As a matter of policy, the Department does not publicly comment on details of government-to-government agreements on end-use monitoring of US-origin defence articles.” 
“It is important to note that since January 2018, the United States government has suspended security assistance to Pakistan.” 
US government’s position appears to be in line with India, which in the backdrop of the attack, has reaffirmed its account of the downing of the Pakistani F-16, citing “electronic signature” as evidence.

Ex Post #398 (4/3):
Chefes das FFAA da Índia expuseram em uma conferência de imprensa realizada na quinta-feira (28/2) as manobras do Paquistão para negar a utilização de F-16 Vipers em seu ataque de retaliação contra instalações militares indianas dois dias antes, segundo o Business Today.
Os caças americanos F-16 só podem ser usados em operações antiterroristas, por conta de restrições contratuais impostas pelos EUA na venda das aeronaves para o Paquistão. No entanto, "há evidências suficientes para mostrar que os F-16s foram usados naquela missão e o Paquistão está tentando esconder esse fato", disse o Vice Marechal do Ar, RGK Kapoor.
O vice-marechal exibiu ainda os destroços de um míssil AMRAAM AIM-120-C-5 onde se lia claramente o seu número de série, informando que apenas os F-16s do Paquistão os utiliza.


São Paulo, 7 de abril de 2019

Assine o Feed        Apoie o Ex Post no Apoia.se

Ex Post #442

Comentários no Twitter: @ExPostCo
MeWe: Aeronáutica & Espaço