Pular para o conteúdo principal

Verizon ativa serviço de 5G em meio a disputas entre EUA e China por hegemonia

A entrada das redes mobile 5G é vista como um fator crucial para a realização das promessas acerca da Indústria 4.0 (aka 4a Revolução Industrial).

A tecnologia 5G pode alcançar performances dezenas de vezes maiores do que a geração anterior, além de índices de latência de rede ultra-baixos.

O Brasil deve entrar na 5G lá por 2023. Nesse meio tempo estaremos no centro da linha de fogo entre EUA e China, cada um procurando fazer valer a sua tecnologia e o seu poder de negociação.

BBC News / UOL:
A GSMA Intelligence (braço de pesquisa da GSM Association, que representa a nível mundial as operadoras de redes móveis) estima que a cobertura 5G se consolidará na América Latina por volta de 2025, alcançando pouco mais de 40% da população da região.


Recentemente os EUA ameaçaram a Alemanha com represálias na área de compartilhamento de inteligência, caso os germânicos sigam com a tecnologia da chinesa Huawei em sua rede nacional. Eis uma indicação do que poderemos ter pela frente nos anos vindouros.



São Paulo, 26 de abril de 2019

Assine o Feed        Apoie o Ex Post no Apoia.se

Ex Post #452

Comentários no Twitter: @ExPostCo